Falta matéria-prima para produção de remédio para doença de Chagas

Doenças esquecidas

O Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe) interrompeu a produção do Benzonidazol por falta de matéria-prima.

O Benzonidazol é o medicamento usado no combate ao Trypanosoma cruzi, protozoário causador da doença de Chagas.

O Fafepe, por sua vez, é o único fabricante do remédio no mundo.

A doença de Chagas é uma dentre as chamadas doenças negligenciadas, deixadas de lado pelas empresas farmacêuticas privadas por não darem lucro - a quase totalidade das doenças negligenciadas ocorre nas regiões mais pobres do mundo, sem condições de comprarem medicamentos caros.

Na verdade, a doença de Chagas é considerada a mais negligenciada de todas as doenças negligenciadas.

Interrupção temporária

O Lafepe e o Ministério da Saúde garantem que a distribuição do medicamento ainda não foi interrompida, graças aos estoques, e que a produção será retomada ainda este mês.

Já a organização humanitária internacional Médicos sem Fronteiras teme um eventual desabastecimento do remédio, apontando que diversos programas de tratamento contra a doença de Chagas em toda a América Latina têm tido problemas e interrupções.

"Não suspendemos a fabricação [conforme chegaram a afirmar os Médicos sem Fronteiras]. Houve uma interrupção temporária por falta de matéria-prima. Nossas máquinas estão paradas esperando pela matéria-prima, mas a produção será retomada ainda este mês. No mais tardar, até o dia 20 de novembro, nós teremos prontos 3,2 milhões comprimidos", garantiu Oséas Moraes, diretor do Lafepe.

Princípio ativo

A matéria-prima, o princípio ativo do Benzonidazol, é produzida por uma única empresa química, a brasileira Nortec.

De acordo com o vice-presidente da Nortec, Nicolau Pires Lages, a empresa química assumiu a produção da substância em maio deste ano e tem até o início de novembro para entregar os 320 quilos de matéria-prima encomendados pelo Lafepe.

O prazo foi estipulado em um contrato firmado em 31 de maio deste ano, quando a Nortec pediu 150 dias para adequar sua planta industrial à fabricação da substância.

Segundo a organização Médicos sem Fronteiras, a doença de Chagas, também conhecida como tripanossomíase americana, causa a morte de pelo menos 12.500 pessoas anualmente. A estimativa é de que entre 8 e 10 milhões de pessoas tenham a doença, considerada endêmica em vários países da América Latina.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Gestão em Saúde

Epidemias

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.