Fim da rubéola no país está próxima, diz Ministro

Eliminação da rubéola

O Brasil pode estar próximo de eliminar totalmente a rubéola. Esta é a opinião do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, depois da campanha de vacinação bem-sucedida que imunizou 67,2 milhões brasileiros contra a doença

A campanha, que pela primeira vez teve um esforço direcionado para a vacinação masculina contra a rubéola, funcionou como um "tratamento de choque" contra a doença.

"Desde o segundo semestre do ano passado, não registramos mais nenhum caso de rubéola no Brasil. Como fazer para que a doença não volte? Todas as crianças brasileiras, ao nascer, estão sendo vacinadas. Essas duas estratégias [vacinar crianças e adultos] nos dão a tranqüilidade de que estamos muito perto de eliminar essa doença", disse o Ministro, durante um programa de rádio nesta manhã.

País livre

Na última terça-feira, governo brasileiro entregou à Organização Mundial da Saúde (OMS) um dossiê solicitando o reconhecimento da organização de que o Brasil está livre da rubéola e da síndrome da rubéola congênita (Campanha de vacinação pode garantir Brasil livre de rubéola).

A campanha de vacinação contra a rubéola ocorreu entre 9 de agosto e 12 de setembro do ano passado. Pela primeira vez, os homens foram o foco da campanha - em 2007, eles representaram 70% dos casos de rubéola registrados no país.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Prevenção

Medicamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.