Você viu? 15% dos emails corporativos são fofocas

e-Fofoca

Segundo estimativas, o usuário médio do email corporativo envia 112 e-mails todos os dias.

Esse número pode variar.

Mas o que importa é que cerca de 1 em cada 7 dessas mensagens é fofoca.

É o que garante um novo estudo realizado com 600.000 e-mails da falida empresa Enron.

Fofoca de escritório

Pela definição de fofoca adotada pelo estudo - mensagens que contêm informações sobre uma pessoa ou pessoas que não estão entre os destinatários - 14,7% dos e-mails podem ser qualificados como "fofoca de escritório".

E mais, a fofoca é prevalente em todos os níveis da hierarquia corporativa, embora funcionários dos níveis inferiores fofoquem mais.

Você viu? Quase 15% dos emails corporativos são fofoca
A espessura das linhas mostra a quantidade de fofocas: do lado esquerdo estão as fofocas que foram dos chefes para os subordinados, e, do lado direito, as fofocas que subiram pela hierarquia. Os números são meros indicativos do nível hierárquico.
[Imagem: Gilbert/Mitra]

E as pessoas parecem ter um talento especial para "dourar suas fofocas", fazendo-as parecer comentários inócuos.

"Quando você diz 'fofoca', a maioria das pessoas imediatamente pensa em frases negativas, mas na verdade é uma forma muito importante de comunicação," garante Eric Gilbert, da Universidade da Geórgia (EUA), coordenador do estudo.

"Mesmo pequenos pedaços de informação, como 'Eric disse que iria se atrasar para esta reunião', vão se somando. Após apenas algumas dessas mensagens, você começa a ter a impressão de que Eric é uma pessoa que sempre se atrasa. A fofoca geralmente se refere a como nós sabemos o que sabemos sobre os outros, e, para este estudo, olhamos para as fofocas simplesmente como um meio para compartilhar informação social," completou.

Ainda assim, a fofoca abertamente negativa é 2,7 vezes mais prevalente do que a fofoca positiva, embora uma parte significativa das mensagens sejam neutras em termos de sentimento em relação ao "fofocado".

Teorias antropológicas sobre fofocas

Segundo Gilbert e seu colega Tanushree Mitra, os resultados representam um importante teste para teorias antropológicas sobre fofocas naquele que já pode ser chamado de o meio de comunicação social mais popular da era da informação.

"Há uma rica literatura em antropologia e sociologia sobre a universalidade e a utilidade da fofoca entre os grupos sociais humanos," disse Mitra.

"Uma pesquisa recente dessa literatura sumariza a fofoca como tendo quatro objetivos principais: informação, entretenimento, intimidade e influência. Encontramos evidências de todas essas categorias nos e-mails da Enron, relativamente a negócios e a relacionamentos pessoais," explica.

O material da Enron - cerca de 600.000 mensagens vendidas após a falência da empresa e agora disponibilizadas gratuitamente para estudo - representam o maior conjunto acessível de e-mails em "ambiente natural", um material que tem sido usado em numerosos estudos científicos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Trabalho e Emprego

Sentimentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.