Fumar reduz vida de HIV-positivos mais do que o vírus

Fumar reduz vida de HIV-positivos mais do que o vírus
Portadores de HIV estão deixando anos de vida se esvaírem devido ao cigarro, e não ao vírus.
[Imagem: Wikimedia/Adleos]

Tabagismo e HIV

Os cigarros estão reduzindo o tempo de vida das pessoas que vivem com o HIV mais do que o próprio vírus.

"Uma pessoa com HIV, que constantemente toma medicamentos anti-HIV, mas fuma, tem muito mais probabilidade de morrer de uma doença relacionada ao fumo do que ao HIV," esclarece a Dra. Krishna Reddy, do Hospital Geral de Massachusetts, nos EUA.

"A boa notícia é que parar de fumar pode aumentar muito a expectativa de vida, e nunca é tarde demais para parar," acrescentou.

Anos de vida perdidos

Reddy verificou que, enquanto apenas 15% da população adulta dos EUA fuma cigarros, entre as pessoas que vivem com o HIV a taxa de tabagismo é superior a 40%, e um adicional de 20% são ex-fumantes.

O uso generalizado de medicamentos antivirais permite hoje que as pessoas com HIV vivam mais tempo, mas os fumantes com HIV estão desenvolvendo doenças relacionadas ao tabagismo - como câncer de pulmão, doenças cardíacas e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC, às vezes chamada de enfisema) - taxas mais elevadas do que os indivíduos não infectados pelo HIV.

Os dados mostram que uma pessoa com HIV pode perder mais de 8 anos de vida simplesmente por causa de seus hábitos de fumar, e não relacionados à infecção pelo HIV.

250 mil anos de vida

Se um quarto das pessoas que recebem cuidados para o HIV e que fumam conseguissem parar agora, calcula Reddy, mais de 250 mil de anos de vida - a soma dos ganhos de longevidade de todas as pessoas que vivem com HIV e fumam - seriam poupados apenas nos EUA.

Por isso a equipe recomenda que o controle do tabagismo seja incorporado aos cuidados de saúde dispensados às pessoas com HIV.

"A cessação do tabagismo deve ser uma parte fundamental do cuidado das pessoas que vivem com o HIV para melhorar tanto a sua expectativa de vida, quanto a sua qualidade de vida," disse Travis Baggett, coautor da análise.

Os resultados foram publicados no Journal of Infectious Diseases.


Ver mais notícias sobre os temas:

Tabagismo

Vírus

Sistema Respiratório

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.