Sistema imunológico é retreinado para combater doença autoimune

Contra-ataque

Sintomas de uma doença autoimune foram eliminados totalmente depois que uma equipe de cientistas descobriu como retreinar os glóbulos brancos.

Doenças autoimunes são aquelas nas quais o sistema imunológico ataca células do próprio paciente, como se elas fossem invasoras.

Segundo a equipe da Escola Politécnica Federal de Lausanne (Suíça), a técnica é extremamente promissora para tratar doenças como o diabetes tipo 1 e a esclerose múltipla.

Diabetes tipo 1

Os cientistas fizeram uma "reciclagem profissional" nas chamadas células T do sistema imunológico, envolvidas no diabetes tipo 1, uma doença autoimune muito comum.

Usando uma proteína modificada, eles alvejaram precisamente os glóbulos brancos (linfócitos T, ou células T) que estavam atacando as células pancreáticas e causando a doença.

Quanto testada em animais de laboratório, a terapia eliminou todos os sinais da patologia.

Gota

"Nosso método tem um risco muito baixo e não deverá introduzir efeitos colaterais significativos, no sentido de que nós não estamos alvejando o sistema imunológico inteiro, mas apenas o tipo específico de células T envolvida na doença," disse o Dr. Stephan Kontos, um dos autores do estudo.

Segundo ele, os testes em pacientes humanos poderão começar dentro de dois anos.

Antes disso, eles vão tentar inibir a resposta imunológica a um medicamento contra a gota, uma doença reumatológica e inflamatória.

"Nós decidimos começar com essa aplicação antes de atacarmos o diabetes ou a esclerose múltipla porque nós conhecemos e podemos controlar todos os seus parâmetros," disse o pesquisador.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sistema Imunológico

Desenvolvimento de Medicamentos

Alergias

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.