Por que os homens têm dificuldade em adotar comidas vegetarianas?

Por que os homens têm dificuldade adotar comidas vegetarianas?
Os machões não deverão ter problemas por muito tempo: cientistas já criaram uma carne vegetal com textura e suculência de carne animal.
[Imagem: Fraunhofer IVV]

Inconsciente masculino

Por que os homens são mais relutantes em experimentar produtos vegetarianos do que as mulheres?

Segundo um estudo inédito sobre o assunto, isto ocorre porque os consumidores são influenciados por uma associação sutil, eventualmente inconsciente, entre comer carne e masculinidade.

"Nós examinamos se as pessoas nas culturas ocidentais fariam uma conexão metafórica entre comer carne e ser homem," escreve uma equipe de pesquisadores de quatro universidades norte-americanas em um artigo publicado no Journal of Consumer Research.

Vegetarianismo e masculinidade

Em vários experimentos, eles testaram metáforas usadas em relação a comidas.

A conclusão é que as pessoas associam masculinidade com carne muito mais fortemente do que com vegetais.

Assim, comer carne é visto como coisa de homem, mas comer soja não.

O estudo também revelou que a carne está associada ao gênero masculino na maioria dos idiomas.

Imagem contra preconceito

A recomendação é que campanhas de saúde visando uma melhor alimentação, ou empresas tentando vender produtos alimentícios à base de vegetais, devem usar metáforas que atinjam essas associações inconscientes dos consumidores.

Por exemplo, uma campanha educativa que tente fazer as pessoas trocarem a carne gordurosa por soja ou vegetais poderia mostrar alimentos vegetarianos que sejam preparados de forma a lembrar mais a aparência dos bifes e hambúrgueres.

Isso pode ajudar a romper os preconceitos e ajudar os homens a fazer a transição para uma alimentação mais saudável.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Preconceitos

Saúde do Homem

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.