Implante na aorta ajuda no controle da insuficiência cardíaca

Um novo dispositivo médico, implantado para controlar a insuficiência cardíaca, está mostrando resultados interessantes na primeira avaliação em pacientes para determinar sua segurança e eficácia.

"As melhores drogas terapêuticas que temos hoje muitas vezes não são suficientes para gerir esta doença para alguns pacientes, por isso estamos sempre à procura de novos tipos de terapias," disse Dr. William Abraham, do Centro Médico da Universidade de Ohio, que está realizando o teste juntamente com pesquisadores de sete centros dos EUA.

Bomba auxiliar

O dispositivo, chamado C-Pulse, é um sistema de contrapulsação extra-aórtica.

Trata-se de um envoltório que abraça a aorta e se move de forma sincronizada com o batimento cardíaco do paciente.

Implante na aorta ajuda no controle da insuficiência cardíaca
O aparelho ajuda na função cardíaca, mas ainda tem problemas a serem superados.
[Imagem: Sunshine Heart Inc.]

O dispositivo infla e desinfla rapidamente um pequeno balão para ajudar a bombear o sangue através da aorta para que ele circule por todo o corpo.

Efeitos colaterais

No estudo piloto, com 20 pacientes, 16 pacientes apresentaram melhorias significativas com o dispositivo, três deles com reversão da insuficiência cardíaca.

Mas o aparelho ainda tem problemas a serem resolvidos.

Ele é alimentado por meio de um fio que sai do abdome e conecta-se a uma bateria externa.

Com isto, o efeito adverso mais comum durante o estudo foi a infecção do local de saída do fio, que atingiu 8 dos 20 participantes.

Apesar disso, os médicos consideram positivo o uso do aparelho para pacientes muito graves.


Ver mais notícias sobre os temas:

Implantes

Coração

Sistema Circulatório

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.