Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

08/09/2012

Infecção em tatuagens chama atenção de especialistas

Redação do Diário da Saúde
Infecção em tatuagens chama atenção de especialistas
Exemplo de tatuagem infeccionada, provavelmente devido a uma tinta usada para dar um aspecto tridimensional aos desenhos.[Imagem: The New England Journal of Medicine]

Bactérias na tatuagem

Se você perceber alguma erupção em uma nova tatuagem, é melhor pensar duas vezes antes de considerá-la como uma reação alérgica ou uma parte normal do processo de cura.

Um artigo publicado no New England Journal of Medicine documenta como esses problemas podem ser resultados da infecção com uma bactéria frequentemente encontrada na água da torneira.

"Eu tenho visto pessoas com problemas relacionados com tatuagens ao longo dos anos. Mas nunca como agora: o volume de pacientes impactados torna esta uma preocupação real de saúde pública," disse Mary Gail Mercurio, da Universidade de Rochester (EUA).

Tinta contaminada

A Dra. Mercurio analisou pessoalmente 19 casos de tatuagens recém-feitas e infeccionadas, o que é muito mais grave do que as alergias ou complicações dermatológicas, que são pouco comuns.

O que ela chama de "epidemia de infecções em tatuagens" começou em 2011.

"Os pacientes e os médicos precisam ter um certo nível de desconfiança quando virem uma erupção em desenvolvimento em uma tatuagem. Em muitos dos pacientes que vi pensei inicialmente que era apenas uma irritação na pele e que o problema iria embora durante o processo de cicatrização. Na realidade, eles tinham uma infecção que precisava de ser tratada com antibiótico, que não iria embora facilmente por conta própria," conta ela.

Exames mostraram que as tatuagens estavam infeccionadas pela bactéria Mycobacterium chelonae.

Ao rastrear a origem da infecção, os pesquisadores identificaram a mesma infecção em uma tinta cinza, fabricada nos Estados Unidos, que acabou sendo retirada do mercado por iniciativa do fabricante.

A tinta é usada para dar uma aspecto tridimensional às tatuagens.

Sinal de alerta

Os pacientes foram tratados com antibióticos azitromicina e doxiciclina e todos se recuperaram, embora em ritmo diferentes, dependendo da extensão da infecção.

"As infecções associadas às tatuagens são provavelmente mais comuns do que pensamos, e os médicos devem dar atenção às causas das infecções se os pacientes não responderem a medicamentos tópicos ou outros tratamentos dermatológicos que normalmente deveriam eliminar qualquer tipo de reação alérgica a uma tatuagem," recomenda a pesquisadora.


Ver mais notícias sobre os temas:

Infecções

Bactérias

Cuidados com a Pele

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão