Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

16/09/2011

Informações da Wikipedia sobre câncer são precisas, mas difíceis de ler

Redação do Diário da Saúde

Tão bom quanto um site especializado

É comum ouvir dizer que as informações da Wikipedia não são confiáveis porque são escritas e editadas por não-especialistas, sem supervisão profissional.

Mas pesquisadores da Universidade Thomas Jefferson (EUA) chegaram a uma conclusão bem diferente, de acordo com um estudo publicado no Journal of Practice Oncology.

Eles descobriram que as informações sobre câncer encontradas na Wikipedia são realmente similares em precisão e profundidade às informações apresentadas por um site especializado, revisado por cientistas, e voltado a fornecer informações sobre câncer aos pacientes.

Mais densa e mais rápida

A única ressalva é que, segundo os pesquisadores, as informações no site revisado pelos cientistas estão escritas em uma linguagem mais clara - os cientistas analisaram as informações publicadas em inglês, sendo que geralmente há diferenças no conteúdo e na forma de apresentação das informações da Wikipedia entre os diversos idiomas.

Os novos dados revelaram também que a Wikipedia tem atualização mais rápida, sobretudo com resultados de novas pesquisas.

E, ao contrário do que afirmam os não-simpatizantes da enciclopédia digital, o hiperlinks da Wikipedia levam o leitor a informações mais densas, enquanto o site especializado oferece explicações mais curtas e mais superficiais.

Aspectos controversos

Os pesquisadores compararam as informações sobre câncer encontradas na Wikipedia com as informações encontradas na seção Physician Data Query (PDQ), voltada para o doente, do site do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos.

Nos dois sites, as imprecisões encontradas foram extremamente raras: menos de dois por cento das informações em qualquer um deles está em discordância com aquelas apresentadas nos livros-texto.

Um inconveniente encontrado nos dois sites, segundo os cientistas, é a falta de discussão sobre aspectos controversos do tratamento do câncer.

Por exemplo, citam os pesquisadores, nenhum dos dois sites analisados falam sobre as opções para o tratamento do câncer de próstata, incluindo a chamada "espera vigilante" em comparação com os tratamentos de radiação.


Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Prevenção

Tratamentos

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Cientistas dizem ter descoberto cura definitiva para alcoolismo

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?