Tecnologia de luz elimina superbactérias de hospitais

Tecnologia de luz elimina superbactérias de hospitais
A luz HINS possui normalmente uma tonalidade violeta, mas a equipe usou uma combinação de tecnologias de LED para produzir um sistema de iluminação branca suave, que pode ser usado juntamente com a iluminação normal do hospital.
[Imagem: University of Strathclyde]

Luz contra bactérias

Cientistas escoceses desenvolveram um sistema inédito de iluminação que capaz de matar as superbactérias resistentes a antibióticos que infestam vários hospitais ao redor do mundo.

A tecnologia óptica descontamina o ar e as superfícies banhando-as com luz visível de um estreito espectro de comprimentos de ondas, conhecido como luz HINS.

Segundo os pesquisadores da Universidade de Strathclyde, o sistema de iluminação consegue eliminar até mesmo as temidas superbactérias MRSA e C.diff.

Letal para bactérias

Os ensaios clínicos, realizados no hospital Glasgow Royal Infirmary, comprovaram que o sistema de descontaminação ambiental baseado na luz HINS alcança uma redução nas bactérias do ambiente hospitalar significativamente maior do que o que se pode conseguir apenas com a limpeza e a desinfecção.

"A tecnologia mata os micróbios patogênicos mas é inofensiva para os pacientes e funcionários, o que significa que, pela primeira vez, os hospitais poderão desinfectar continuamente enfermarias e quartos de isolamento," diz o Dr. Scott MacGregor, que desenvolveu a tecnologia juntamente com seus colegas Michelle Maclean e Gerry Woolsey.

"O sistema funciona usando um estreito espectro de comprimentos de onda de luz visível para excitar moléculas contidas no interior das bactérias. Isto gera espécimes químicos altamente reativos que são letais para bactérias como a Staphylococcus aureus, resistente à meticilina, a MRSA e a Clostridium difficile, conhecida como C.diff," explica MacGregor.

Luz HINS

A luz HINS possui normalmente uma tonalidade violeta, mas a equipe usou uma combinação de tecnologias de LED para produzir um sistema de iluminação branca suave, que pode ser usado juntamente com a iluminação normal do hospital.

HINS é um acrônimo para High Intensity Narrow Spectrum Light: luz de espectro estreito de alta intensidade.

"Outros métodos de descontaminação, envolvendo gases esterilizantes ou luz ultravioleta podem ser perigosos para funcionários e pacientes, enquanto a limpeza, desinfecção e lavagem das mãos, embora sejam procedimentos de rotina essenciais, têm uma eficácia limitada e são difíceis de aferir," diz Maclean.

Já a tecnologia da luz HINS é segura e pode ser usada continuamente, oferecendo um sistema de desinfecção contínua.


Ver mais notícias sobre os temas:

Bactérias

Infecções

Saúde Pública

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.