Mecanismo de divisão de bactérias é desvendado

Mecanismo de divisão de bactérias é desvendado
A divisão das células, chamada citocinese, ocorre em duas etapas, uma lenta e outra rápida.
[Imagem: João M. Monteiro et al. - 10.1038/nature25506]

Mecanismo da divisão celular

Uma equipe da Universidade Nova de Lisboa (Portugal) conseguiu desvendar os detalhes moleculares que controlam o momento da divisão de uma bactéria em duas, pondo fim a um debate de décadas dentro da comunidade científica.

As bactérias têm uma parede celular exterior à célula, que lhes permite resistirem ao estresse mecânico a que possam ser sujeitas. O componente principal dessa parede é o peptidoglicano, que precisa ser sintetizado no local correto e da forma adequada para fazer um "corte" que vai permitir separar a bactéria em duas exatamente iguais à célula original.

"Dentro da comunidade científica temos debatido qual é a força que provoca a separação física da bactéria em duas: será o esqueleto da célula, o citoesqueleto, que as empurra? Ou será que é a incorporação do peptidoglicano na formação nova parede, pela sua rigidez, o responsável pelo empurrar do septo que vai separar as novas células?" conta a pesquisadora Mariana Gomes de Pinho.

"Conseguimos agora responder em definitivo a esta questão. Aquilo que descobrimos permite incorporar os dois modelos que estavam sendo propostos, porque na realidade acontece um pouco de cada um deles, explicando os detalhes moleculares dos eventos," acrescentou Mariana.

A divisão das células, chamada citocinese, ocorre então em dois passos: o primeiro, inicial e lento, é provocado pelo citoesqueleto e é responsável pela invaginação da membrana da célula mãe no local certo para se dividirem ao meio.

O segundo passo é rápido, e ocorre pela incorporação do peptidoglicano nas duas novas paredes celulares recém-formadas.

Antibióticos

A divisão celular é crucial para a sobrevivência e multiplicação das bactérias, e é por isso um alvo preferencial para os antibióticos poderem atuar.

É a forma com que os componentes da parede celular são postos no ponto correto que permite às bactérias resistirem ao ataque dos antibióticos e se tornarem patogênicas. Uma compreensão adequada deste fenômeno poderá levar a novas estratégias para evitar que as bactérias consigam fazer isto, debelando-se as infecções.


Ver mais notícias sobre os temas:

Bactérias

Infecções

Desenvolvimento de Medicamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.