Meninos estão começando puberdade mais cedo

Amadurecimento precoce

Os meninos estão entrando na puberdade até dois anos antes do que se pensava.

O estudo, realizados nos EUA, analisou as características de 4 mil crianças e adolescentes.

Em média, os meninos brancos e hispânicos estão atingindo a puberdade aos 10,4 anos, enquanto os negros começam a adolescência ainda mais cedo, aos 9,4 anos.

As idades anteriormente documentadas como marcando o início da puberdade eram de 11,5 anos para meninos brancos e hispânicos, e 11 anos para os negros.

Essas mudanças têm sido observadas em estudos realizados com meninas, mas é a primeira vez que se pesquisou o início da adolescência masculina.

Sem consequências

Especialistas avaliam que a descoberta pode ser importante para a adoção de novas estratégias de saúde pública, embora não seja claro se a chegada da adolescência mais cedo tenha qualquer consequência.

"Isso é de extrema importância não só para os pediatras como para especialistas de saúde pública e pais. Acompanhar as alterações no crescimento e desenvolvimento é uma parte importante da análise da saúde das crianças," afirmou a médica Marcia Herman-Giddens, uma das autoras do estudo.

"Se é verdade que as crianças estão começando a puberdade cada vez mais cedo, ainda não está claro se isso representa algo negativo ou tem implicações de longo prazo", disse o médico William Adelman, membro da Comissão da Adolescência da AAP.

Obesidade e produtos químicos

O estudo, publicado na revista Pediatrics, não detalha quais as causas das mudanças.

Várias teorias tentam explicar o avanço no início da puberdade de meninos e meninas, desde os altos níveis de obesidade até produtos químicos presentes nos alimentos que podem interferir na produção dos hormônios.

Mas os pesquisadores observam que ainda é preciso realizar mais estudos para identificar melhor as causas do fenômeno e entender melhor por que as crianças estão amadurecendo sexualmente mais rápido.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sexualidade

Cuidados com a Pele

Saúde do Homem

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.