Pessoas mentem ao procurar emprego, mas honestidade vale a pena

Honestidade é a melhor política

Vale a pena ser honesto, pelo menos quando se está procurando emprego, afirma uma nova pesquisa científica que acaba de ser publicada na revista Applied HRM Research.

Quando os candidatos a emprego foram avisados de que um teste de seleção poderia detectar respostas falsas, eles deram respostas mais honestas e melhoraram suas chances de serem efetivamente contratados.

"As pessoas podem se sentir tentadas a parecer o mais atraente possível para os empregadores, mas a honestidade é sempre a melhor política, já que muitos testes de seleção têm formas de identificar falsificadores," afirma Chris Wright, da Universidade Estadual de São Francisco, nos Estados Unidos.

Mentiras na seleção de emprego

O estudo também descobriu que os candidatos a emprego que foram advertidos contra o "exagero" de informações tiveram maior probabilidade de ser classificado como "honestos" pelo detector de mentira do teste.

Os resultados sugerem que uma simples advertência pode reduzir as respostas desonestas.

"Descobrimos que os candidatos que foram advertidos contra a falsificação alcançaram pontuações significativamente mais baixas, sugerindo que eles deram respostas mais honestas e que não tinha exagerado essas respostas a fim de inflar seus resultados no teste," diz o pesquisador.

O estudo concentrou-se nos testes que coletam dados biográficos sobre a educação, a experiência profissional, as habilidades e as atitudes, crescentemente utilizados por empregadores principalmente no setor de serviços e de varejo.

"Proibido mentir"

Muitos testes trazem embutidas "escalas de falseamento", que usam questões especialmente projetadas para detectar mentiras. Por exemplo, a mesma pergunta pode ser feita de diferentes maneiras para verificar a consistência das respostas.

"Nossas descobertas sugerem que algumas pessoas embelezam suas respostas nos testes de emprego," disse Wright. "No entanto, verificamos também que alertar os concorrentes pode ser uma maneira simples e de baixo custo para os empregadores induzirem as pessoas a dar respostas honestas, o que acabará por fornecer resultados mais precisos para fundamentar as decisões de contratação."


Ver mais notícias sobre os temas:

Trabalho e Emprego

Relacionamentos

Emoções

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.