Microcefalia: 1.248 casos registrados em 311 municípios

Epidemia

O Ministério da Saúde anunciou que o país já conta com 1.248 casos suspeitos de microcefalia notificados, em 311 municípios.

O estado de Pernambuco registra o maior número de casos (646), tendo sido o primeiro a identificar o aumento de diagnóstico de microcefalia, posteriormente associado ao vírus zika.

O vírus zika chegou ao Brasil em Maio deste ano, possivelmente trazido por turistas durante a Copa do Mundo.

Na estatística da microcefalia, seguem-se os estados da Paraíba (248), Rio Grande do Norte (79), Sergipe (77), Alagoas (59), Bahia (37), Piauí (36), Ceará (25), Rio de Janeiro (13), Tocantins (12), Maranhão (12), Goiás (2), Mato Grosso do Sul (1) e Distrito Federal (1).

Emergência de saúde pública

De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, o país está em uma "emergência de saúde pública".

Ele destacou a importância da participação da sociedade no combate ao pernilongo Aedes aegypti, que transmite além da dengue, o vírus zika e a chikungunya.

O diretor, porém, não adiantou qualquer medida extra a ser tomada pelo próprio governo.

"Teremos que ter uma intensificação muito grande no combate ao mosquito e com um chamamento mais intenso da sociedade pois a ela compete as ações mais intensivas. Os prefeitos devem intensificar a limpeza urbana. Estamos em uma emergência de saúde pública", disse Maierovitch.

Ele informou que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão garantiu que recursos emergenciais serão priorizados para combater o pernilongo.

Para o diretor, não existe mágica para acabar com o mosquito vetor. "Infelizmente, conviveremos com esse problema por mais algum tempo", disse.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Gravidez

Vírus

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.