Ministério da Saúde destina recursos para cirurgias eletivas

O Ministério da Saúde destina R$ 67,27 milhões para a realização de cirurgias eletivas.

São cirurgias de média complexidade que podem ser agendadas com antecedência nos serviços de saúde, como catarata, tratamento de varizes e retirada de amígdalas.

Ao todo, 285 municípios de 22 estados contarão com um reforço financeiro do governo federal para atender a população.

Do total, R$ 24,68 milhões serão aplicados no grupo no qual estão as cirurgias de catarata.

Outros R$ 11,95 milhões vão financiar os procedimentos que incluem atendimentos das áreas de ortopedia, otorrinolaringologia, urologia, vasculares e oftalmologia.

Além disso, R$ 30,63 milhões serão destinados aos procedimentos eletivos definidos pelo gestor de saúde, conforme a necessidade da região.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, explicou que o repasse vai contribuir para ampliar o acesso da população às cirurgias eletivas e reduzir o tempo de espera para a realização do procedimento. "Com o repasse desses recursos, estamos proporcionando uma melhor qualidade de vida às pessoas que esperam por esses procedimentos", ressaltou o ministro.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Cirurgias

Olhos e Visão

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.