Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

16/10/2012

Mortalidade por AVC cai 32% em dez anos

Com informações da Agência Brasil

Mortes por AVC

A mortalidade por acidente vascular cerebral (AVC) caiu 32% na faixa etária até os 70 anos

É o que o Ministério da Saúde cataloga como mortes evitáveis.

Apesar da queda, verificada entre 2000 e 2010, a doença está entre as principais causas de morte e internação no país.

Só em 2010, mais de 33 mil pessoas morreram em decorrência de AVC nessa faixa etária.

Como detectar o AVC

O acidente vascular cerebral decorre da insuficiência no fluxo sanguíneo em uma determinada área do cérebro.

Essa falta ou restrição no fornecimento de sangue pode provocar lesão ou morte celular e danos nas funções neurológicas.

Além de provocar mortes, o AVC é a principal causa de incapacidade em adultos no mundo.

Para saber se uma pessoa está tendo AVC, primeiramente, pedir que a pessoa sorria e que se observe se o sorriso está torto.

Em seguida, verificar se ela consegue levantar os dois braços.

Outro passo é verificar se há alguma diferença na fala, se está arrastada ou enrolada.

Caso seja identificado algum desses sinais, deve-se procurar imediatamente um serviço de saúde.

Alteplase

Até 2014, o Ministério da Saúde deverá investir R$ 437 milhões para ampliar a assistência a vítimas de AVC.

Desse total, cerca de R$ 370 milhões serão utilizados para financiar leitos hospitalares e R$ 96 milhões serão aplicados na oferta de tratamento com uso de Alteplase (enzima que ajuda na dissolução de coágulos sanguíneos).


Ver mais notícias sobre os temas:

Cérebro

Neurociências

Prevenção

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Cientistas dizem ter descoberto cura definitiva para alcoolismo

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?