Nanodispositivo detecta câncer em teste de urina

Nanodispositivo detecta câncer em teste de urina
A nanotecnologia supera todas as outras técnicas de captura dos biomarcadores, incluindo a ultracentrifugação.
[Imagem: Takao Yasui]

Vesícula extracelular

Pesquisadores japoneses desenvolveram um dispositivo feito com fios em escala molecular - nanofios - que consegue detectar níveis microscópicos de marcadores urinários associados ao câncer.

As células comunicam-se entre si por meio de vários mecanismos diferentes. Alguns desses mecanismos são bem conhecidos: nos animais, por exemplo, ameaças de predadores podem gerar a liberação de norepinefrina, um hormônio que viaja através da corrente sanguínea e faz com que as células cardíacas e musculares iniciem uma resposta rápida.

Um meio muito menos conhecido de comunicação entre as células envolve a vesícula extracelular (VE). As VEs podem ser imaginadas como pequenos "pedaços" de uma célula que são capazes de se soltar e circular por todo o corpo para entregar mensagens para outras células.

O novo dispositivo médico foi projetado justamente para capturar essas VEs e usá-las para detectar o câncer.

Captura de mensageiros

A presença de certos microRNAs na urina, por exemplo, pode servir como um sinal vermelho para condições graves, como o câncer de bexiga ou de próstata, mas o conteúdo de VEs (vesículas extracelulares) na urina é extremamente baixo - menos de 0,01% do volume total de fluido.

"Nossa solução foi incorporar nanofios de óxido de zinco em um polímero especial para criar um material que achamos que seria altamente eficiente na captura dessas vesículas. Nossos resultados sugerem que o dispositivo é realmente muito eficiente. Obtivemos uma taxa de coleta de mais de 99%, superando a ultracentrifugação, bem como outros métodos que estão sendo usados atualmente," disse o professor Takao Yasui, da Universidade de Nagoya.

"Os resultados são preliminares, é claro, mas esperamos que nosso dispositivo possa ajudar a estabelecer as bases para formas mais fáceis de diagnosticar doenças potencialmente fatais o mais cedo possível," completou.


Ver mais notícias sobre os temas:

Exames

Câncer

Sistema Circulatório

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.