Nova gripe aviária transmitida entre humanos pela primeira vez

Pesquisadores dizem ter identificado uma "provável transmissão" entre humanos do novo vírus da gripe aviária, o H7N9.

Embora já se suspeitasse, ainda não havia indícios conclusivos de qualquer pessoa infectada pelo vírus H7N9 por contato com outros humanos - em todos os casos anteriores, os pacientes haviam tido contato com aves.

O caso, ocorrido na China, envolveu uma mulher de 32 anos infectada pelo pai, do qual ela cuidava por estar também com o vírus. Os dois morreram.

Diferentemente do pai, que visitou um mercado de aves uma semana antes de ficar doente, ela não teve contato conhecido com qualquer ave, mas ficou doente seis dias depois do último contato com ele.

Testes feitos no vírus que infectou os dois mostraram que os tipos identificados eram praticamente idênticos geneticamente, o que reforça a teoria de que a filha foi diretamente infectada pelo pai.

Até o último dia 30 de junho, foram registrados 133 casos de H7N9 no leste da China, com 43 mortes.

Apesar da má notícia, especialistas dizem que isso não significa que o H7N9 tenha a habilidade de se espalhar facilmente entre humanos.

Autoridades de saúde pública da China testaram 43 pessoas que tiveram contato com os pacientes, mas todos apresentaram resultado negativo para o vírus H7N9, o que sugere que a habilidade desse tipo de vírus de se espalhar é limitada.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Vírus

Infecções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.