Nova técnica tira sabão de medicamentos injetáveis

Nova técnica tira sabão de medicamentos injetáveis
Partículas da droga suspensas em uma solução injetável, da qual foi extraído o excesso de surfactante.
[Imagem: Jonathan Lovell/University at Buffalo]

Sabão no remédio

Uma nova técnica promissora para fabricar medicamentos promete reduzir as reações alérgicas graves e outros efeitos colaterais de remédios anticâncer e outras drogas hoje administradas por seringa e agulha.

Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Buffalo (EUA), a técnica consiste na remoção de aditivos potencialmente prejudiciais, sobretudo os surfactantes, substâncias similares ao sabão usadas em grande parte das drogas injetáveis mais comuns.

As empresas farmacêuticas usam os surfactantes para dissolver os medicamentos em uma solução líquida, um processo que torna a droga adequada para injeção.

Embora eficaz, o processo está longe de ser ideal. Soluções carregados com esses agentes tensoativos e outros ingredientes não essenciais levam consigo o risco de choque anafilático, entupimento de veias, hemólise e outros efeitos colaterais.

Medicamentos puros

Em experimentos de laboratório, os pesquisadores dissolveram 12 drogas - cabazitaxel (anticâncer), testosterona, ciclosporina (imunossupressor usado durante transplantes de órgãos) e outras -, uma de cada vez, em um surfactante chamado Pluronic.

Em seguida, reduzindo a temperatura da solução a 4º C - a maioria das drogas é feita a temperatura ambiente -, eles conseguiram remover o excesso de Pluronic através de um filtro muito fino.

O resultado final são medicamentos que contêm de 100 a 1.000 vezes menos aditivos com uma única filtragem.

"Para os fármacos que nós estudamos, isto é o mais perto que alguém já chegou da introdução de medicamentos injetáveis puros no corpo," disse o professor Jonathan Lovell.

"Estamos entusiasmados porque esse processo pode ser escalonado, o que poderia tornar as drogas injetáveis existentes mais seguras e eficazes para milhões de pessoas," finalizou.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Alergias

Higiene Pessoal

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.