Governo vai fornecer vitaminas em sachês para crianças

O Ministério da Saúde lançou o programa NutriSUS de alimentação infantil, que visa fornece às crianças os micronutrientes necessários para garantir seu pleno desenvolvimento.

As vitaminas e minerais serão oferecidos em pó, permitindo a prevenção e o controle de doenças causadas pela falta de vitaminas e minerais, sobretudo nas populações de renda mais baixa, que não têm acesso a alimentação rica e balanceada.

O objetivo é atingir crianças de seis meses a 3 anos e 11 meses.

A carência de alguns nutrientes nos primeiros anos de vida prejudica o desenvolvimento de diversas formas. A carência de ferro, zinco, vitamina A, por exemplo, pode causar anemia, doenças infecciosas ou respiratórias, cárie dental, desnutrição ou excesso de peso.

"O pó do sachê deverá ser colocado uma vez ao dia em uma pequena quantidade de comida, e lembrando de oferecer primeiro essa parte para a criança. Ele não altera o sabor da comida, fazendo com que as crianças não o rejeitem," orienta Patrícia Jaime, coordenadora geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde.

Cada sachê conterá 15 micronutrientes, que serão distribuídos inicialmente nas creches participantes do Programa Saúde na Escola (PSE).

Aproximadamente 50 países usam esta estratégia ou estão em fase de implementação. A Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a recomendar a fortificação através de polivitamínicos para aumentar a ingestão de vitaminas e minerais em crianças.

Composição dos sachês de micronutrientes utilizados no NutriSUS:

Composição Dose
Vitamina A RE 400 µg
Vitamina D 5 µg
Vitamina E TE 5 mg
Vitamina C 30 mg
Vitamina B1 0,5 mg
Vitamina B2 0,5 mg
Vitamina B6 0,5 mg
Vitamina B12 0,9 µg
Niacina 6 mg
Ácido Fólico 150 µg
Ferro 10 mg
Zinco 4,1 mg
Cobre 0,56 mg
Selênio 17 µg
Iodo 90 µg
mg = miligrama
µg = micrograma


Ver mais notícias sobre os temas:

Vitaminas

Saúde Pública

Cuidados com o Recém-nascido

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.