Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

19/02/2013

Olho biônico é aprovado para uso em pacientes

Redação do Diário da Saúde

Retina artificial

A autoridade de saúde dos Estados Unidos acaba de aprovar o uso da primeira retina artificial em pacientes com grau avançado de retinite pigmentosa.

O aparelho, chamado Argus II, é o primeiro olho biônico a receber aprovação da FDA (Food and Drug Administration).

A aprovação foi dada depois do anúncio, no ano passado, de testes em voluntários, realiados com resultados promissores.

Imagens sem fios

A prótese consiste da retina artificial propriamente dita, um chip flexível implantado na retina do paciente, e uma câmera montada em óculos especiais.

A câmera capta as imagens e as transmite por um sistema sem fios para o chip, que as processa e envia os sinais para o nervo óptico.

Olho biônico é aprovado para uso em pacientes
O olho biônico não restaura uma visão normal, mas permite que o paciente implantado, antes totalmente cego, consiga localizar objetos e detectar movimentos. [Imagem: DOE/ARP]

A aprovação da FDA se aplica a pacientes que perderam a visão em decorrência de retinite pigmentosa severa.

Olho biônico

O olho biônico não restaura uma visão normal, mas permite que o paciente implantado, antes totalmente cego, consiga localizar objetos e detectar movimentos, melhorando sua capacidade de orientação e mobilidade.

O aparelho está sendo produzido pela empresa Second Sight Medical Products, criada pelos pesquisadores que desenvolveram a tecnologia.

O processo total de desenvolvimento do olho biônico durou quase 20 anos, a um custo de mais de US$100 milhões.


Ver mais notícias sobre os temas:

Olhos e Visão

Próteses

Robótica

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão