OMS dará ao Brasil certificado de erradicação da rubéola

Brasil livre da rubéola

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou que, entre fevereiro e março do próximo, ano o Brasil deverá receber da Organização Mundial de Saúde (OMS) o certificado de país livre de mais duas doenças: rubéola e a síndrome da rubéola congênita.

Segundo Temporão, há cerca de dois meses o presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregou aos representantes da OMS um dossiê com toda a documentação comprovando que o país já ultrapassou a cobertura exigida pela organismo, vacinando mais de 95% da população alvo.

Monitoramento da OMS

"Agora estamos sendo monitorados pela OMS e, comprovado que o vírus deixou de circular no país, o Brasil receberá a certificação de erradicação das duas doenças: a rubéola e a síndrome da rubéola congênita".

Na avaliação do ministro, normalmente o resultado saiu um ano após a entrega do dossiê. "Por isso, a nossa perspectiva é de que o certificado saia entre fevereiro e março do próximo ano", disse.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Saúde Pública

Infecções

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.