ONU elogia Cuba e Venezuela no combate ao ebola

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) apelou à comunidade internacional para seguir o exemplo da Aliança Bolivariana para os Povos da América (Alba) na luta contra o ebola, destacando o trabalho desenvolvido por Cuba e pela Venezuela nesta matéria.

"Exortamos todos os países a seguir a liderança da Alba, particularmente de Cuba e da Venezuela, que deram um exemplo louvável com sua rápida resposta de apoio aos esforços para impedir o avanço do ebola", afirmou Ban Ki-moon.

O coordenador da ONU para a Luta contra o Ebola, David Navarro, que está em Havana como enviado especial de Ban Ki-moon, leu a mensagem de Ki-moon no início da cúpula extraordinária, que reúne na capital cubana representantes e mandatários dos países que integram a Alba.

Na mensagem, o secretário-geral da ONU ressaltou que o ebola é "um grande problema global, que exige resposta global maciça e imediata".

Ban Ki-moon elogiou, em particular, "a resposta extraordinária" das autoridades cubanas, que enviaram no início deste mês um grupo de 165 médicos e enfermeiros para combater o surto do vírus ebola em Serra Leoa, um dos países mais afetados.

O presidente de Cuba, Raúl Castro, informou, durante a cúpula, que 91 profissionais da saúde seguiram para a Libéria e a Guiné-Conacri, países que também estão enfrentando a epidemia.

Ban Ki-moon destacou ainda na mensagem que o número de profissionais de saúde mandados por Cuba à região africana atingida pela epidemia é maior que o enviado pela organização Médicos sem Fronteiras ou pela Federação Internacional da Cruz Vermelha, pelos Estados Unidos, pelo Reino Unido e pela China.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Atendimento Médico-Hospitalar

Ética

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.