Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

31/07/2013

Para enfrentar os problemas, esqueça-os por um tempo

Redação do Diário da Saúde
Para enfrentar os problemas, esqueça-os por um tempo
Bonnie Hayden Cheng e Julie McCarthy concluíram tentar esquecer os problemas por um tempo é a melhor estratégia para lidar com eles.[Imagem: Ken Jones/University of Toronto]

Tentar esquecer seus problemas é uma péssima técnica para tentar lidar com as dificuldades da vida.

Contudo, enfiar-se de cabeça neles, não pensando em outra coisa, é uma técnica pior ainda.

Mostrando que a saída para quase tudo pode estar no caminho do meio, ou no equilíbrio, um novo estudo mostrou que a melhor maneira de gerir os problemas de estresse no trabalho, na escola e em casa pode ser esquecer os problemas por um tempo.

Pausa dos problemas

Duas pesquisadoras canadenses recrutaram um grupo de estudantes universitários que estavam enfrentando problemas para conciliar o trabalho ou a família e as responsabilidades da escola.

O estudo concentrou-se em duas estratégias diferentes de tentar não bater de frente com os problemas - tentar ativamente tirar os problemas da cabeça, ou esperar que esses problemas simplesmente desaparecessem.

Os estudantes que tentaram ativamente não pensar nos problemas mostraram-se mais capazes de gerir suas múltiplas responsabilidades, além de apresentarem níveis de satisfação mais elevados do que aqueles que simplesmente esperavam que os problemas desaparecessem.

"A 'evitação', em termos de fazer uma pausa mental, é crucial para a gestão de múltiplas responsabilidades, conquanto ele não se transforme em autoilusão," resume Bonnie Hayden Cheng, da Universidade de Toronto (Canadá), coordenadora do estudo.

Embora técnicas de evitação tenham tradicionalmente sido vistas como contraproducentes, o processo de liberar temporariamente a cabeça das responsabilidades não implica necessariamente não lidar com essas responsabilidades, observa Cheng.

Síndrome do "coitadinho"

Por outro lado, as pesquisadoras afirmam que esperar que seus problemas simplesmente irão desaparecer pode piorar a situação.

Na verdade, esta estratégia tem paralelos com o tipo de cognição distorcida associada à depressão.

"Desejar que nossos problemas vão embora é contraproducente, porque há um elemento de desamparo aprendido, de não ter controle sobre as nossas responsabilidades," finaliza Cheng.


Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Concentração

Trabalho e Emprego

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?