Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

06/08/2013

Partos prematuros e cesarianas batem recorde no Brasil

Com informações da Agência Brasil

Nada menos do que 11,7% dos partos feitos no Brasil são prematuros, ou seja, ocorrem antes de a gestação completar 37 semanas.

O estudo foi realizado por 12 universidades brasileiras, coordenadas pelo Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (RS).

Entre as gestantes menores de 15 anos, o índice de partos prematuros é 10,8%. Entre as mães na faixa dos 20 aos 34 anos, 6,7% dos partos são prematuros.

As regiões Sul e Sudeste são as que têm os maiores percentuais de prematuridade, 12% e 12,5%, respectivamente. No Centro-Oeste, o índice é 11,5%; no Nordeste, 10,9%; e no Norte, 10,8%.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2010, nasceram 15 milhões de crianças prematuras em todo o mundo. O Brasil está na décima posição entre os países onde mais nascem prematuros.

A pesquisa também aponta que enquanto a taxa de mortalidade infantil está diminuindo, há um crescimento desse tipo de ocorrência.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) afirma haver uma relação entre o aumento da prematuridade e a realização de cesarianas.

O Brasil apresenta uma das mais altas taxas de cesarianas no mundo, alcançando 52,3% dos partos em 2010 - A OMS recomenda que a taxa não ultrapasse os 15%.


Ver mais notícias sobre os temas:

Gravidez

Cuidados com o Recém-nascido

Saúde da Mulher

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?