Pele humana realista cultivada com células-tronco

Pele artificial quase natural

Usando células-tronco reprogramadas (iPS), cientistas japoneses cultivaram com sucesso um tecido da pele virtualmente similar à pele natural humana.

A pele sintetizada em laboratório apresenta toda a complexidade da pele natural, incluindo folículos pilosos e glândulas sebáceas.

Para testar o material, eles implantaram esses tecidos tridimensionais em camundongos vivos. O que se verificou foi que a pele derivada das células-tronco formou ligações com outros sistemas e órgãos, tais como os nervos e as fibras musculares.

Isto abre um novo caminho para a criação de transplantes de pele funcionais para pacientes vítimas de queimaduras e outras condições que exijam uma nova pele.

Pele artificial realista cultivada com células-tronco
Comparação entre a pele natural (esquerda) e a pele artificial criada em laboratório (direita).
[Imagem: Riken Center for Developmental Biology]

Órgãos em laboratório

A chave do sucesso do experimento chama-se Wnt10b, uma molécula de sinalização que resultou em um maior número de folículos de pelos, fazendo com que o tecido de bioengenharia se aproxime mais do tecido natural.

"Até agora, o desenvolvimento de pele artificial tem sido dificultado pelo fato de que a pele nasce sem órgãos importantes, como folículos pilosos e glândulas exócrinas, que permitem que a pele desempenhe seu importante papel na regulação," disse o professor Takashi Tsuji, do Centro RIKEN de Biologia do Desenvolvimento, que conduziu o estudo.

"Com esta nova técnica, cultivamos com sucesso pele que replica a função do tecido normal. Estamos chegando cada vez mais perto do sonho de sermos capaz de recriar órgãos reais para transplante em laboratório, e também acreditamos que o tecido cultivado através deste método poderia ser utilizado como uma alternativa aos ensaios e testes feitos em animais de laboratório," concluiu o pesquisador.


Ver mais notícias sobre os temas:

Transplantes

Células-tronco

Cuidados com a Pele

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.