Picos de calor mantêm média histórica do fim de inverno

Calor normal

Apesar de terem chegado a 38 graus Celsius no fim de semana, as temperaturas no Sudeste do país não fogem à média histórica do fim do inverno, e o clima não apresentará grandes variações até o começo da primavera, na segunda quinzena deste mês.

O período tem apresentado frequência atípica de frentes frias - abaixo do normal - embora a média dos meses anteriores tenha ficado dentro das variações históricas, segundo o meteorologista Olívio Sacramento Neto, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Ele afirma que houve ligeiro aumento das chuvas em agosto nos estados do Rio de Janeiro, de Minas Gerais e do Espírito Santo, e temperaturas dentro da normalidade.

"Nós tínhamos na região a atuação de uma massa de ar seco. Os ventos que sopraram do oceano vieram de forma mais intensa, compensando a baixa penetração das frentes frias", explicou Sacramento.

São Paulo quente

Segundo o meteorologista, o único estado da Região Sudeste com temperaturas atípicas foi São Paulo, que não recebeu influência das correntes de ar marinho.

As temperaturas acima da média ficaram restritas ao período entre os dias 5 e 9 deste mês, período em que os ventos oceânicos se deslocaram para o Norte, atingindo o norte da Bahia e o litoral do Espírito Santo.

De acordo com Sacramento, a tendência é ocorrerem poucas chuvas até o início da primavera.

A meteorologista Ester Regina Ito, também do Inpe, descartou a possibilidade de grandes variações até o fim do ano.

"Não temos a confirmação de qualquer fenômeno no Pacífico. Estamos caminhando para uma possível configuração de El Niño para os próximos meses, mas ela ainda não está concluída. O impacto [do fenômeno] também não é imediato, ocorre com um certo atraso. Aos poucos, as águas estão mais aquecidas e a atmosfera está caminhando para isso", explicou meteorologista.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sensores

Qualidade de Vida

Cuidados com a Pele

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.