Pílula eletrônica monitora você por dentro

Pílula eletrônica monitora você por dentro
O sensor de engolir calcula as frequências cardíaca e respiratória capturando ondas sonoras características produzidas pelo bater do coração e da inspiração e expiração dos pulmões.
[Imagem: Albert Swiston/MIT Lincoln Laboratory]

Monitor de saúde

Os médicos logo poderão monitorar os sinais vitais dos pacientes dando-lhes uma "pílula eletrônica" para engolir.

O dispositivo eletrônico, do tamanho de uma cápsula de vitaminas e ainda em fase de desenvolvimento, mostrou-se capaz de medir a frequência cardíaca e a taxa de respiração de dentro do trato gastrointestinal.

Este tipo de sensor poderá ser útil para avaliar pacientes graves, vítimas de acidentes e traumas, ou para realizar avaliações de longo prazo de pacientes com doenças crônicas.

Provavelmente os atletas profissionais e amadores também vão gostar da novidade, embora atualmente esse uso dos aparelhos de monitorar a saúde venha se mostrando sem utilidade.

Estetoscópio de engolir

O sensor de engolir calcula as frequências cardíaca e respiratória capturando ondas sonoras características produzidas pelo bater do coração e da inspiração e expiração dos pulmões.

"Através da caracterização da onda acústica, gravada a partir de diferentes partes do trato gastrointestinal, descobrimos que podemos medir tanto a frequência cardíaca quanto a respiratória com boa precisão," disse Giovanni Traverso, do MIT (EUA).

Traverso destaca que a novidade é apenas a técnica eletrônica, já que ouvir os sons do peito é uma das mais antigas técnicas de diagnóstico médico, praticada desde Hipócrates na Grécia antiga. E, desde 1800, os médicos não se separam de seus estetoscópios.

Assim, a pílula eletrônica nada seria além de um "estetoscópio de engolir".

A expectativa é que o dispositivo permaneça no trato digestivo por apenas um dia ou dois. Para o monitoramento de longo prazo, os pacientes poderiam engolir novas cápsulas, conforme necessário, argumenta Traverso.


Ver mais notícias sobre os temas:

Equipamentos Médicos

Robótica

Prevenção

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.