Efeito placebo melhora satisfação sexual feminina

Libido baixa

Mulheres com impulsos sexuais baixos relataram uma melhora na satisfação sexual depois de tomarem um placebo.

A conclusão é de um estudo realizado na Universidade do Texas e na Faculdade de Medicina Baylor, ambos nos Estados Unidos, por Cindy Meston e Andrea Bradford.

As pesquisadoras descobriram que a abertura de uma linha de comunicação sobre o sexo pode ter um efeito positivo em muitas mulheres com libido baixa.

O estudo acompanhou 200 mulheres durante um período de 12 semanas. Cinquenta dessas mulheres, com idades entre 35 e 55 anos, foram escolhidas aleatoriamente para receber um placebo, em vez de um tratamento medicamentoso para a baixa excitação sexual. Nenhuma das participantes sabia qual tratamento estava recebendo.

Problemas sexuais

Para medir o efeito do tratamento, as mulheres deram notas a sintomas de disfunção sexual, como o baixo desejo sexual, excitação sexual baixa e dificuldades de atingir o orgasmo.

Os resultados, publicados online no Journal of Sexual Medicine, mostram que, em média, um em cada três mulheres que tomaram placebo demonstraram uma melhora global.

Os maiores benefícios ocorreram durante as primeiras quatro semanas. As mudanças nos sintomas foram medidas pela frequência dos encontros sexuais satisfatórios que as mulheres relataram durante o tratamento.

Todas as mulheres que tomaram o placebo conversaram com um profissional de saúde sobre suas dificuldades e monitoraram seu comportamento sexual e seus sentimentos regularmente.

Placebo sexual

Muitas das mulheres relataram ter recebido mais estimulação durante a atividade sexual enquanto participavam do experimento, mesmo que seus parceiros não tivessem recebido quaisquer instruções especiais.

"Os resultados de nosso estudo mostram como as expectativas de uma mulher para melhorar sexualmente podem ter um efeito positivo considerável sobre seu bem-estar sexual, sem qualquer tratamento medicamentoso real," diz Meston.

"A expectativa de melhorar e tentar encontrar uma solução para um problema sexual através da participação em um estudo parece fazer os casais se sentirem mais próximos, comunicarem-se mais e até mesmo agirem de forma diferente em relação uns aos outros durante os encontros sexuais," conclui a pesquisadora.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sexualidade

Relacionamentos

Saúde da Mulher

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.