Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

03/02/2014

Planta chinesa cura dor para a qual não há tratamento atualmente

Redação do Diário da Saúde
Planta chinesa cura dor para a qual não há tratamento atualmente
Para os casos menos graves, o extrato da planta tem-se mostrado eficaz há milhares de anos, sem correr o risco de perder parte do efeito, que pode não ser causado unicamente pela molécula identificada.[Imagem: Kurt Stüber/Wikipedia]

Princípio ativo

Um composto derivado de um medicamento tradicional chinês - a raiz de uma planta - confirmou-se eficaz não apenas para aliviar a dor em geral, mas também contra um tipo de dor para a qual não existe tratamento atualmente.

O significativo efeito do medicamento natural abre caminho para o desenvolvimento de novos analgésicos para dores inflamatórias agudas dos nervos - um medicamento que não cause dependência e outros efeitos colaterais, como ocorre com os analgésicos opioides.

Os cientistas tentam identificar os chamados "princípios ativos" das plantas medicinais a fim de produzir medicamentos nos quais esses princípios estejam altamente concentrados, para usar em condições agudas.

Para os casos menos graves, o extrato da planta tem-se mostrado eficaz há milhares de anos, sem correr o risco de perder parte do efeito, que pode não ser causado unicamente pela molécula identificada como "ativa".

Dores neuropáticas

Trabalhando com cientistas chineses, Olivier Civelli e seus colegas da Universidade da Califórnia (EUA) isolaram um composto batizado de dehidrocoribulbina (DHCB) a partir das raízes da planta Corydalis yanhusuo (Yan Hu Suo).

Em testes realizados em cobaias, a DHCB diminuiu a dor inflamatória associada com danos aos tecidos e infiltração de células imunológicas, e também contra a dor neuropática induzida por lesão, que é causada por danos ao sistema nervoso.

Isso é importante porque não existem atualmente tratamentos adequados para a dor neuropática.

Além disso, os pesquisadores descobriram que a DHCB não gera a tolerância observada com o uso continuado da maioria dos analgésicos convencionais, tais como a morfina.

"Hoje a indústria farmacêutica se esforça para encontrar novos medicamentos. Contudo, durante séculos as pessoas têm usado remédios fitoterápicos para tratar inúmeros problemas de saúde, incluindo a dor. Nosso objetivo foi identificar compostos nestes remédios naturais que possam ajudar-nos a descobrir novas formas de tratar problemas de saúde," disse Civelli.

Na verdade, segundo Civelli, os efeitos do composto extraído do medicamento tradicional chinês mostram que a dor nem sempre opera como as teorias científicas atuais interpretam.

Corydalis - Yan Hu Suo

A Corydalis é uma planta herbácea que cresce na Sibéria, norte da China e no Japão.

O extrato de sua raiz é usado para aliviar cólicas menstruais, dores no peito e dores abdominais.

A planta tem sido bastante estudada por suas propriedades analgésicas, mas esta é a primeira vez que sua ação é atribuída à molécula DHCB.


Ver mais notícias sobre os temas:

Plantas Medicinais

Medicamentos Naturais

Dores Crônicas

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão