Poder da minoria: cientistas mostram ponto-chave na difusão de ideias

Poder da minoria: cientistas mostram ponto-chave na difusão de ideias
O percentual de defensores de uma opinião não se altera de maneira significativa nos diferentes tipos de redes de relacionamento que podem ocorrer em uma sociedade.
[Imagem: SCNARC/Rensselaer Polytechnic Institute]

Virando o jogo

Basta que 10 por cento da população acredite firmemente em uma ideia para que essa crença seja adotada pela maioria da sociedade.

A descoberta é de um grupo de cientistas do Instituto Politécnico Rensselaer, nos Estados Unidos.

Eles usaram técnicas analíticas e computacionais para estudar o ponto de inflexão a partir do qual uma crença minoritária torna-se uma opinião majoritária.

A descoberta tem implicações para o estudo e a influência das interações sociais - da difusão de novas tecnologias até o surgimento de ideais políticos.

Difusão de ideias

De forma surpreendente, a descoberta não foi publicada em um periódico de recursos humanos, mas na famosa Physical Review, a revista de física mais importante do mundo.

"Quando o número de defensores da ideia está abaixo dos 10%, não há progresso visível na difusão da ideia. Vai levar um tempo literalmente equivalente à idade do Universo para que um grupo desse tamanho alcance a maioria," explica Boleslaw Szymanski, um dos autores da pesquisa. "Mas basta que o número supere os 10% para que a ideia se espalhe como fogo."

Segundo ele, os eventos eventos na Tunísia e no Egito, conhecidos como Primavera Árabe, apresentam esse padrão.

"Nesses países, ditadores que ficaram no poder por décadas foram repentinamente derrubados em apenas algumas semanas," exemplifica.

Influenciando a sociedade

Um aspecto importante da descoberta é que o percentual de defensores de uma opinião não se altera de maneira significativa nos diferentes tipos de redes de relacionamento que podem ocorrer em uma sociedade.

Em outras palavras, o percentual de defensores da opinião em questão necessário para influenciar a sociedade permanece em aproximadamente 10% independentemente de onde e como a opinião surge e se espalha pela sociedade.

Um dos fatores levantados pelos pesquisadores para esse mecanismo tem natureza psicológica - o comportamento da maioria das pessoas, que não gostam de sustentar opiniões impopulares.

À medida que alguém conversa com mais pessoas e verifica que todas defendem a mesma ideia, esse alguém passa a compartilhar dessa crença, provavelmente para não se sentir isolado ou excluído.

"Conforme esses agentes de mudança começam a convencer mais e mais pessoas, a situação começar a mudar," diz o pesquisador. "As pessoas começam a questionar seus próprios pontos de vista e então adotam completamente a nova visão, fazendo-a espalhar-se ainda mais."


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Educação

Mente

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.