Por que os fumantes engordam quando param de fumar?

Por que os fumantes engordam quando param de fumar?
Cientistas estão tentando usar as bactérias que vivem no intestino para reduzir a obesidade.
[Imagem: Nair/Abt/Artis/UPenn]

A maioria dos fumantes ganha vários quilos quando pára de fumar.

E isto não se deve a um aumento na ingestão de calorias, garante Luc Biedermann, do Hospital Universitário de Zurique (Suíça).

Parar de fumar engorda

Quando os fumantes dizem adeus aos seus cigarros, 80% deles ganha 7 quilos, em média.

Seu peso aumenta mesmo que a sua ingestão de calorias permaneça a mesma, ou até mesmo caia em relação ao volume ingerido antes de parar de fumar.

Qual então é a razão para este aumento de peso?

A resposta parece estar em uma mudança na composição da flora intestinal após deixar de fumar.

As cepas bacterianas que também predominam na flora intestinal de pessoas obesas passam a dominar no organismo das pessoas que deixam de fumar.

Flora bacteriana

Embora a diversidade bacteriana no intestino de fumantes e não fumantes mude pouco com o passar do tempo, deixar de fumar resulta em uma mudança importante na composição dos habitantes microbianos dos intestinos.

As frações Proteobacteria e Bacteroidetes aumentam à custa de representantes dos filos Firmicutes e Actinobacteria.

Nos voluntários monitorados pela equipe do Dr. Biedermann, verificou-se um ganho médio de 2,2 quilogramas depois do abandono do cigarro, embora a sua alimentação e os hábitos de beber tenham permanecido os mesmos - com a exceção de que, no final do estudo, os voluntários beberam em média um pouco mais álcool que antes de parar de fumar.

A explicação foi encontrada na composição das diversas bactérias da flora intestinal, que mudou significativamente.

A hipótese dos pesquisadores é que a flora bacteriana alterada fornece mais energia ao corpo, resultando em ganho de peso para os ex-fumantes.


Ver mais notícias sobre os temas:

Tabagismo

Bactérias

Dietas e Emagrecimento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.