Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

28/07/2016

Porque as famílias devem jogar Pokemon Go juntas

Com informações da Umich
Porque as famílias devem jogar Pokemon Go juntas
Uma ou duas horas compartilhadas, andando pelas ruas do bairro em uma caça ao Pokemon - mesmo se o celular em si continua sendo o ponto focal - podem ser construtivas. [Imagem: Umich]

Pokemons da saúde

A febre mundial causada pelo jogo Pokemon Go pode ser usada para o bem da saúde física e emocional de toda a família.

Uma das principais vantagens que os especialistas estão vendo no novo modismo é a criação de um incentivo para que as pessoas saiam do sedentarismo, se movimentem e ainda usufruam de um alívio da ansiedade e da depressão.

Pesquisadores da Universidade de Michigan, nos EUA, estão propondo ainda um outro benefício em potencial: o reforço dos laços familiares.

Uma ou duas horas compartilhadas, andando pelas ruas do bairro em uma caça ao Pokemon - mesmo se o celular em si continua sendo o ponto focal - podem ser construtivas.

"Jogar com os filhos ou pais pode adicionar um outro nível de relacionamento, aprendizagem um do outro. É uma via de mão dupla," defende o pesquisador Nicholas Helmstetter.

Diversão com segurança

Por outro lado, não têm faltado relatos de casos de acidentes e riscos assumidos pelos jogadores de Pokemon Go.

Para Helmstetter, a supervisão de um adulto é a chave para ajudar os jogadores mais jovens do Pokemon Go a andarem em espaços menos conhecidos ou no tráfego - evitando o perigo desconhecido por eles.

O médico acrescenta que é importante lembrar às crianças para que fiquem alertas ao caminhar e terem consciência e cuidado nas propriedades privadas. Crianças mais velhas podem ter permissão para viajar em grupos de amigos.

Considerando que os PokeStops (locais onde os jogadores recebem itens para atrair os Pokemons) e as academias (locais onde os treinadores podem virtualmente lutar uns com os outros) poderiam ser em qualquer lugar, os usuários não devem ir para locais que pareçam abandonados ou ofereçam perigos sob qualquer circunstância.

Embora a probabilidade seja pequena, os jogadores também devem se manter atentos às atividades suspeitas ou criminosas ligadas ao uso de Pokemon Go e imediatamente conversar com um adulto, se necessário.


Ver mais notícias sobre os temas:

Diversão

Relacionamentos

Atividades Físicas

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?