Precisando resolver um problema? Então mexa-se

Precisando resolver um problema? Então mexa-se
Voluntário balança os braços antes de tentar novamente solucionar um problema que lhe foi proposto e que ele não havia conseguido resolver.
[Imagem: UUIC]

Resolvendo problemas com o corpo

Cientistas descobriram que movimentar o corpo - balançar os braços, por exemplo - ajuda as pessoas a resolver problemas. A pesquisa, feita por psicólogos da Universidade de Illinois (EUA), foi publicada na revista Psychonomic Bulletin & Review.

"Nossos movimentos coordenados estão mudando a forma como as pessoas pensam," diz o professor Alejandro Lleras. "Em outras palavras, dirigindo a forma como as pessoas mexem seus corpos nós estamos também dirigindo a forma como elas pensam sobre um problema."

Ajudando o outro a resolver problemas

Mesmo depois de resolverem o problema, quase nenhum dos participantes tinha consciência de qualquer conexão entre a atividade física da qual eles haviam participado e a solução que eles encontraram para o problema proposto durante o experimento.

"Os resultados são interessantes tanto porque o movimento corporal pode afetar os pensamentos de ordem mais elevada - a forma de pensar complexa necessária para resolver problemas difíceis - quanto porque esse efeito ocorre quando outra pessoa está dirigindo os movimentos da pessoa que está tentando resolver o problema," afirma Llera.

Cognição corporal

A descoberta oferece novas informações sobre o que os pesquisadores estão chamando de "cognição corporal", que descreve a conexão entre o corpo e a mente durante o aprendizado.

"As pessoas tendem a achar que suas mentes localizam-se em seus cérebros, lidando com abstrações conceituais, totalmente desconectadas de seus corpos," diz o pesquisador.

"Esse campo emergente de pesquisas é fascinante porque ele está demonstrando como nosso corpo é parte da nossa mente de forma muito forte. A forma como pensamos é afetada pelo nosso corpo e, de fato, nós podemos usar nossos corpos para nos ajudar a pensar."

Segundo Lleras, pesquisas anteriores envolvendo a cognição corporal já demonstraram que os movimentos físicos podem ajudar no aprendizado e na memória ou podem alterar as altitudes e percepções que as pessoas têm quando se defrontam com determinada informação.

Resolução inconsciente de problemas

As pesquisas na área já demonstraram que controlar a atenção ou o movimento dos olhos de uma pessoa em padrões específicos pode ajudar na solução de problemas complexos. Mas este é o primeiro estudo que comprova que os movimentos corporais guiam o processamento cognitivo de alta ordem, sem que os participantes tenham consciência.

"Nós vemos isto como uma nova janela realmente importante para o entendimento da complexidade dos pensamentos humanos. Eu penso que a mensagem a ser passada é a seguinte: Se você está travado tentando resolver um problema difícil, dê uma parada. Vá fazer alguma outra coisa. Isso irá garantir que, na próxima vez que você pensar naquele problema você irá literalmente abordá-lo com uma mente diferente. E isso pode ajudar," concluir Lleras.


Ver mais notícias sobre os temas:

Mente

Memória

Atividades Físicas

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.