Aumenta preocupação com impacto da anestesia sobre o cérebro

Os pediatras já estão alertas quanto à possibilidade de que a anestesia geral pode ter efeitos duradouros sobre o cérebro das crianças.

Um novo estudo, contudo, sugere que a ameaça também pode se aplicar aos cérebros adultos.

Testes em animais de laboratório mostraram que os efeitos neurotóxicos da anestesia geral dependem da idade dos neurônios cerebrais - e não da idade dos animais submetidos à anestesia, como se pensava.

"Nós demonstramos que a morte celular nos neurônios, induzida pela anestesia, não está limitada ao cérebro imaturo, como se acreditava anteriormente," disse Andreas Loepke, do Centro Médico do Hospital Infantil de Cincinnati (EUA).

"Em vez disso, a vulnerabilidade parece atingir os neurônios de uma certa idade e estágio de maturação. Esta constatação nos leva um passo mais perto de compreender o mecanismo subjacente do fenômeno," completou.

Riscos da anestesia sobre os neurônios

Novos neurônios são gerados em abundância na maioria das regiões do cérebro muito jovem, explicando por que as pesquisas anteriores centraram-se nos estágios iniciais de desenvolvimento cerebral.

Em um cérebro maduro, a formação de neurônios diminui consideravelmente, mas continua ao longo da vida, particularmente no giro denteado e no bulbo olfatório.

O giro denteado, que ajuda no controle da aprendizagem e da memória, é a região que Loepke e seus colegas centraram atenção no seu estudo.

Embora mais pesquisas sejam necessárias para confirmar a relevância da constatação para os seres humanos, o estudo sugere possíveis implicações para a saúde de milhões de crianças e adultos que se submetem à anestesia cirúrgica, disse Andreas Loepke.

"A cirurgia é muitas vezes vital para salvar vidas ou manter a qualidade de vida e, geralmente, não pode ser realizada sem anestesia geral," reconhece o pesquisador.

"Os médicos devem discutir cuidadosamente com os pacientes, pais e cuidadores os riscos e benefícios dos procedimentos que necessitam de anestesia, bem como os riscos conhecidos de não tratar certas condições," concluiu

Recentemente, médicos alemães constataram um preocupante aumento no número de mortes associadas à anestesia.


Ver mais notícias sobre os temas:

Cirurgias

Cérebro

Medicamentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.