Pressão sanguínea deve ser medida nos dois braços

Medir a pressão sanguínea nos dois braços pode ser uma forma simples e rápida de rastrear riscos de eventos cardiovasculares futuros.

Pesquisadores descobriram que há uma associação entre a diferença na pressão arterial sistólica entre os braços e um aumento significativo do risco de problemas cardíacos.

Por isso eles estão recomendando a utilização clínica da medição da pressão arterial nos dois braços dos pacientes durante as consultas.

Duas medições da pressão arterial

Embora a pressão arterial seja uma métrica médica amplamente utilizada, a maioria das medições é feita em apenas um braço - para comparar a pressão arterial entre os braços, obviamente é necessário fazer duas leituras.

No comparativo realizado agora, uma elevada diferença de pressão arterial sistólica entre os braços foi definida como 10 mm Hg ou mais.

Foram analisados 3.390 participantes com idades a partir de 40 anos, todos livres de doenças cardiovasculares.

Os participantes com diferenças de pressão arterial entre braços mais elevadas apresentaram um risco maior para futuros eventos cardiovasculares do que aqueles com menos de 10 mm Hg de diferença entre os braços.

Segundo o Dr. Ido Weinberg, do Hospital Geral de Massachusetts (EUA), uma diferença elevada entre os braços ocorre em cerca de 10% dos pacientes.

"Um aumento da diferença de pressão sanguínea sistólica entre os braços está associada com um risco aumentado para eventos cardiovasculares futuros independentemente dos fatores de risco cardiovascular tradicionais," disse Weinberg.


Ver mais notícias sobre os temas:

Exames

Sistema Circulatório

Coração

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.