Programa de realidade virtual trata fobias de aranhas e baratas

Programa de realidade virtual trata fobias de aranhas e baratas
O tratamento utilizada uma tecnologia chamada Realidade Ampliada para simular o contato do paciente com os animais causadores de sua fobia.
[Imagem: Un.Jaume]

Realidade ampliada

Um grupo de pesquisadores da Universidade Jaume, na Espanha, desenvolveu um programa de computador para tratar pessoas com fobia de aranhas, baratas e outros pequenos insetos.

O sistema baseia-se no conceito de "Realidade Ampliada," uma técnica de realidade virtual na qual elementos virtuais são incorporados em tempo real sobre imagens captadas do mundo real.

Baratas e aranhas nas mãos e nas pernas

O paciente utiliza uma espécie de óculos, composto por duas câmeras na frente e telas de alta resolução no local onde ficariam as lentes. Ao olhar para o ambiente, o paciente não vê as imagens diretamente, mas as imagens captadas pelas câmeras, mostradas através das telas em seus óculos.

A seguir, o programa de realidade ampliada insere as imagens dos animais em movimento sobre a imagem captada pela câmera. O resultado, sempre projetado nas telas dos óculos, é que o paciente vê o ambiente real à sua volta, como se as baratas e aranhas estivessem andando por todo lado, inclusive sobre suas mãos e pernas.

Fobias de insetos

Segundo a pesquisadora Cristina Botella, que coordenou o desenvolvimento da terapia virtual, o tratamento permite que a pessoa entre em contato direto com os motivos de sua fobia de forma totalmente segura.

O terapeuta acompanha o paciente durante todo o tempo em que ele está utilizando o sistema de imagens virtuais, ajudando-o a articular as estratégias mentais e emocionais adequadas para superar a fobia.

A abordagem de colocar a pessoa em contato com aquilo que dá lhe medo pretende que o paciente vá diminuindo pouco a pouco o mal-estar e a ansiedade associados com as situações causadoras das fobias.

O laboratório que desenvolveu a tecnologia colocou o tratamento à disposição de toda a população (na Espanha), que pode agendar os tratamentos por meio do sistema público de saúde. Esta tecnologia ainda não está disponível no Brasil.


Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Equipamentos Médicos

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.