Psicoterapia pela internet supera resultado das seções no consultório

Pesquisadores da Universidade de Zurique (Suíça) estão ajudando a acabar de vez com as suspeitas sobre o atendimento psicoterapêutico pela internet.

Segundo o novo estudo, a psicoterapia online, mais do que produzir resultados similares ao atendimento face-a-face, pode superar a técnica tradicional de atendimento.

Seis terapeutas trataram 62 pacientes, a maioria eles sofrendo de depressão moderada. Os pacientes foram divididos em dois grupos iguais e atribuídos aleatoriamente a uma das formas terapêuticas: pessoalmente ou pela internet.

O tratamento consistiu em oito sessões, com base nas técnicas de terapia cognitivo-comportamental, que podiam ser realizadas tanto por via oral como por escrito, dependendo da preferência do paciente.

A diferença é que os pacientes tratados online tinham que realizar uma tarefa por escrito antes de cada seção - como avaliar a sua autoimagem - para guiar o processo de atendimento.

Depressão offline

No final do tratamento, a depressão não foi mais diagnosticada em 53% dos pacientes que foram submetidos à terapia pela internet - em comparação com 50% para a terapia face-a-face.

Três meses após a conclusão do tratamento, a depressão tratada pela internet continuou diminuindo: não haviam mais sinais de depressão em 57% dos pacientes da terapia online, em comparação com 42% da terapia convencional.

Segundo os pesquisadores, a razão para o melhor resultado da terapia pela internet pode ser que os pacientes tendem a utilizar os trabalhos de casa mais intensivamente, progredindo pessoalmente, e não apenas durante as seções.

Por exemplo, eles relataram que reliam a correspondência com seu terapeuta de vez em quando.

"No médio prazo, a psicoterapia online produz melhores resultados. Nosso estudo é uma evidência de que os serviços de psicoterapia pela internet são um complemento eficaz ao tratamento terapêutico" conclui o professor Andreas Maercker, coordenador do estudo.

No Brasil, a psicoterapia pela internet é regulamentada em caráter experimental.

Outro estudo já havia demonstrando que a terapia pelo telefone também é tão eficaz quanto face-a-face.


Ver mais notícias sobre os temas:

Psicoterapia

Relacionamentos

Emoções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.