Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

03/07/2014

Receptor crucial do cérebro é revelado em 3D

Redação do Diário da Saúde

Receptor NMDA

Cientistas conseguiram uma visão 3-D nova e sem precedentes de um dos receptores mais importantes do cérebro.

Os receptores facilitam a troca de sinais químicos e elétricos entre os neurônios no cérebro, permitindo que esses neurônios possam se comunicar uns com os outros.

O receptor NMDA (N-metil-D-aspartato) é um dos receptores cerebrais mais importantes porque facilita a comunicação neural que está na base da memória, da aprendizagem e do pensamento.

O mau funcionamento do NMDA está associado com uma grande variedade de perturbações e doenças neurológicas.

Alzheimer, Parkinson, depressão, esquizofrenia e epilepsia são algumas das condições associadas a problemas com a atividade do NMDA.

Mais importante receptor do cérebro é visto em 3D
O mau funcionamento do NMDA está associado com uma grande variedade de perturbações e doenças neurológicas. [Imagem: Eric Gouaux Group/OHSU]

Visão 3D do receptor neural

Esta nova imagem, mostrando a estrutura completa do receptor em 3D, dá aos cientistas uma nova visão sobre seu funcionamento, abrindo o caminho para a descoberta do que leva ao seu mau funcionamento.

E, mais importante, fornece pistas vitais para o desenvolvimento de medicamentos para combater esse mau funcionamento.

"O receptor NMDA é um dos mais essenciais, e de muitas formas misterioso, receptores no nosso cérebro. Agora, com este trabalho, podemos vê-lo em detalhes fascinantes. Este é um dos momentos mais importantes da minha carreira," comemorou o Dr. Eric Gouaux, da Universidade de Oregon (EUA), líder da pesquisa.


Ver mais notícias sobre os temas:

Neurociências

Cérebro

Memória

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão