Registrada primeira transmissão de zika por transfusão de sangue

O Hemocentro da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) confirmou um caso de transmissão do vírus zika por transfusão de sangue. O caso ocorreu em março deste ano.

Sem saber que estava infectado, um morador de Sumaré (cidade que fica na região metropolitana de Campinas, a cerca de 120 quilômetros da capital paulista) doou sangue no hemocentro de Campinas.

Alguns dias após a doação, o homem, de 52 anos, notou o aparecimento de sintomas semelhantes aos da dengue e entrou em contato com o hemocentro. O órgão enviou amostras de sangue do doador para o Instituto Adolfo Lutz, que descartou dengue, mas confirmou a presença do vírus zika. O morador de Sumaré foi o primeiro caso confirmado do vírus no estado de São Paulo.

Não existe exame

Ainda não existem exames laboratoriais disponíveis para identificação do vírus zika que possa ser usado na triagem de doadores de sangue. "Ressaltamos que atualmente não há um teste comercial para identificação do vírus disponível para ser usado em larga escala," disse o hemocentro em nota.

De acordo com a instituição, o sangue do doador infectado com o vírus foi utilizado. O receptor da doação, que é um morador de Campinas, passou por exames que constataram a presença do vírus, porém ele não desenvolveu a doença.

Infecções pelo zika

A infecção pelo vírus zika é caracterizada por febre, dores nas articulações e manchas vermelhas pelo corpo, com duração de três a sete dias.

Geralmente, não há complicações graves e registro de mortes. Na maioria dos casos, a transmissão ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti, que transmite também os vírus da dengue e chikungunya.


Ver mais notícias sobre os temas:

Infecções

Vírus

Sistema Circulatório

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.