Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

07/02/2014

Risco de AVC é maior entre as mulheres

Com informações da Agência Brasil

As mulheres, de todas as idades, correm mais riscos de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do que os homens em idades equivalentes.

A conclusão deve a que as mulheres têm também maiores fatores de risco que favorecem os acidentes cerebrais, como enxaquecas, depressão, diabetes e arritmia cardíaca.

Os acidentes vasculares cerebrais são a terceira causa de mortalidade entre as mulheres, depois das doenças cardíacas e do câncer - mas é apenas a quinta causa de morte nos homens.

As mulheres têm riscos específicos devido à gravidez e à utilização de hormônios, como a pílula anticoncepcional, destaca Cheryl Bushnell, do Centro Médico Wake Forest (EUA), que chefiou um grupo de especialistas que elaborou novas recomendações adotadas pela Associação Norte-Americana do Coração.

O novo guia lembra a importância de controlar regularmente a pressão arterial, principalmente em mulheres jovens, antes de tomarem contraceptivos e de ficarem grávidas.

Os sintomas de um AVC em mulheres são similares aos dos homens: dormência súbita ou fraqueza do braço, dificuldade em falar ou compreender o que dizem os outros.

Um acidente vascular cerebral ocorre quando uma veia que irriga o cérebro é obstruída por um coágulo, causando a destruição dos tecidos cerebrais.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde da Mulher

Sistema Circulatório

Cérebro

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão