Descoberta terceira dupla hélice no corpo humano

Se você ainda acredita que o famoso formato "dupla hélice" no corpo humano é exclusividade do DNA, é porque perdeu a descoberta da segunda dupla hélice no corpo humano, ocorrida há pouco mais de um mês.

Mas chegou a tempo da descoberta da terceira dupla hélice, agora encontrada no RNA por cientistas canadenses e alemães.

RNA de dupla hélice

O DNA codifica o material genético passado de geração em geração.

Para que a informação codificada no DNA seja usada para criar as proteínas e enzimas necessárias para a vida, entra em ação o ácido ribonucleico (RNA), o material genético de cadeia simples encontrado nos ribossomas das células, que serve como intermediário.

Embora geralmente seja uma cadeia simples, cientistas previram que algumas sequências de RNA teriam a capacidade para formar uma dupla hélice, assim como o DNA - essa previsão foi feita em 1961, mas nunca foi confirmada.

Agora, mais de cinquenta anos depois, cientistas conseguiram cristalizar uma sequência de RNA curto, chamada poli(rA)11, confirmando a hipótese de um RNA de hélice dupla.

A estrutura 3D detalhada foi descoberta por Kalle Gehring (Universidade McGill), George Sheldrick (Universidade de Göttingen) e Christopher Wilds (Universidade de Concordia).

RNA de dupla hélice
O RNA de dupla hélice poderá ser usado para a construção de bionanomáquinas.
[Imagem: Kathryn Janzen/Canadian Light Source]

Bionanomáquinas

O Dr. Gehring disse que a identificação do RNA de dupla hélice terá aplicações interessantes para a pesquisa em nanomateriais biológicos e química supramolecular.

Os ácidos nucleicos têm propriedades excepcionais de auto-reconhecimento, abrindo caminho para sua utilização na fabricação de bionanomáquinas, dispositivos em nanoescala criados usando a biologia sintética.

"Bionanomáquinas são vantajosas devido ao seu tamanho extremamente pequeno, baixo custo de produção e a facilidade com que podem ser modificadas," disse Gehring. "Muitas bionanomáquinas já afetam nossas vidas cotidianas como enzimas, sensores, biomateriais e terapêutica médica".

Segundo ele, a comprovação do RNA de dupla hélice poderá também ter diversos benefícios para os tratamentos médicos e curas para doenças, além de ajudar a regenerar os tecidos biológicos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Genética

Robótica

Nanotecnologia

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.