Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

13/11/2015

Evento na Unicamp discutirá "síndrome das doenças inventadas"

Com informações da Fapesp

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) sediará um evento internacional para discutir a patologização de condições e comportamentos e a consequente medicalização, também conhecida como "síndrome das doenças inventadas".

O II Fórum Construindo Vidas Despatologizadas será realizado em Campinas (SP) nos dias 16 e 17 de novembro de 2015, reunindo médicos, psicólogos e educadores, entre outros profissionais do Brasil e do exterior.

Entre as condições transformadas em doenças estão as questões de gênero, transtornos ou distúrbios na sociedade moderna, comportamentos infantis etc, que ganham espaço nos debates de problemas políticos, sociais, culturais e afetivos.

Discutir os efeitos dessa patologização ou medicalização da vida contemporânea é um dos objetivos do fórum.

Investigação científica

Entre os palestrantes está Robert Whitaker, jornalista e escritor norte-americano especializado em investigação científica, com publicações como Anatomia de uma Epidemia, em que aborda a razão de o número de pessoas com transtornos mentais ter triplicado nos Estados Unidos nas últimas duas décadas.

A conferência de Whitaker, com foco na medicação infantil, terá tradução simultânea.

Nos dois dias de evento também serão debatidos os efeitos da patologização nos processos educativos, o movimento antimanicomial e a epidemia de diagnósticos, abordando a ética e a política envolvidas.

Mais informações no endereço www.gr.unicamp.br/penses/II-forum_vidas_despatologizadas.


Ver mais notícias sobre os temas:

Ética

Comportamento

Qualidade de Vida

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Vacina contra dengue pode fazer mais mal que bem em alguns locais

Os muitos mitos sobre as Dores nas Costas

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão

Carne vermelha todo dia faz mal? Especificamente que mal?