Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

05/05/2012

Solidão produz efeitos similares ao envelhecimento

Redação do Diário da Saúde
Solidão produz efeitos similares ao envelhecimento
"Acho que uma das mensagens mais importantes desta pesquisa é o lembrete de que todos nós desejamos e precisamos de conexões sociais significativas." [Imagem: Wikimedia/Jesus Solana]

Efeitos da solidão

A dor da solidão produz alterações no organismo equivalentes ao processo de envelhecimento natural, inclusive aumentando o risco de doenças cardíacas.

Alterações no funcionamento cardiovascular são parte do envelhecimento normal, mas a solidão parece acelerar o processo.

Já se sabia que a solidão pode ser tão contagiosa quanto um resfriado, e estudos anteriores concluíram que os jovens sentem mais solidão do que os idosos.

O que este estudo mostrou é que, em situações similares de solidão, os idosos sofrem mais.

"A coisa mais notável que descobrimos foi que a resposta cardiovascular dos adultos jovens solitários para uma tarefa socialmente estressante se parece mais com a resposta cardiovascular dos adultos mais velhos, mas não-solitários," disse Anthony Ong, coordenador do estudo.

Solidão e envelhecimento

As diferenças individuais na percepção do isolamento (solidão) foram avaliadas antes e depois da realização de tarefas neutras e isoladoras em ambiente de laboratório.

Como esperado, os adultos mais velhos, ao experimentar o isolamento, apresentaram elevação da pressão arterial, maior reatividade cardiovascular ao estresse e tempos maiores de recuperação cardiovascular em comparação com os adultos mais jovens.

A solidão aumentou cada uma dessas medidas, mas teve efeitos negativos ainda maiores nos adultos mais velhos, colocando-os em maior risco.

O tempo de recuperação dos adultos mais velhos solitários, em média, foi tão retardado que eles não retornaram aos níveis anteriores ao experimento durante as duas horas do acompanhamento pós-experimento.

Conexões sociais significativas

"Eu penso que é útil distinguir as dores emocionais que estão associadas com a solidão aguda, dos sentimentos mais crônicos de angústia, que acompanham défices na qualidade de nossas relações sociais", disse Ong.

"Acho que uma das mensagens mais importantes desta pesquisa é o lembrete de que todos nós desejamos e precisamos de conexões sociais significativas," concluiu ele.


Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Relacionamentos

Sentimentos

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão