Tai Chi Chuan melhora controle do diabetes tipo 2

Controlando o diabetes com Tai Chi Chuan

Exercícios regulares de Tai Chi Chuan melhoram o controle do diabetes tipo 2, conforme uma pesquisa publicada no British Journal of Sports Medicine.

Tai Chi Chuan é uma tradicional arte marcial chinesa, que combina respirações diafragmáticas profundas e relaxamento com movimentos delicados.

Os pesquisadores avaliaram o impacto de um programa de exercícios de Tai Chi Chuan de 12 semanas sobre a atividade das células-T de 30 pacientes com diabetes do tipo 2, e de outros 30 pacientes saudáveis da mesma idade.

Respostas do sistema imunológico

As células-T são um componente-chave do sistema imunológico do nosso organismo, produzindo compostos químicos importantes, como as interleucinas, que alteram a resposta imunológica.

O diabetes do tipo 2 é associado com inflamações crônicas, causadas por níveis excessivos de glicose no sangue, a chamada hiperglicemia.

Benefícios do Tai Chi Chuan

Após o programa de 12 semanas de exercícios, os níveis de hemoglobina glicosada caíram significativamente nos pacientes diabéticos, passando de 7,59% para 7,16%. A hemoglobina glicosada surge quando o excesso de açúcar no sangue combina com os transportadores de oxigênio nos glóbulos vermelhos.

E os níveis da interleucina-12, que aumenta a resposta do sistema imunológico, dobraram. Os níveis da interleucina-4, que inibe o sistema imunológico, caíram.

As atividades das células-T também aumentaram significativamente.

Atividades físicas extenuantes inibem a resposta do sistema imunológico, mas exercícios moderados parecem ter o efeito oposto, dizem os autores. O Tai Chi Chuan é classificado como um exercício moderado.

Melhoria geral

Pesquisas anteriores já haviam mostrado que o Tai Chi reforça as funções cardiovasculares e respiratórias, assim como aumenta a flexibilidade e alivia o estresse.

O Tai Chi Chuan pode induzir a uma queda nos níveis de glicose no sangue, ou melhorar o metabolismo da glicose no sangue, iniciando uma queda na resposta inflamatória. Alternativamente, o exercício pode incrementar os níveis de aptidão física e a sensação de bem-estar, os quais então reforçam o sistema imunológico, sugerem os autores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Atividades Físicas

Qualidade de Vida

Terapias Alternativas

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.