Tatuagens reduzem chance de conseguir um emprego

Tatuagens reduzem chance de conseguir um emprego
Um gerente de recursos humanos afirmou que "tatuagens são a primeira coisa sobre a qual eles [seus colegas recrutadores] falam quando a pessoa sai pela porta".
[Imagem: Wikimedia/Bur]

Ter uma tatuagem pode reduzir suas chances de conseguir um emprego.

É o que demonstra uma série de entrevistas com profissionais de recursos humanos responsáveis pelo recrutamento e entrevistas de seleção de candidatos a emprego.

Segundo o Dr. Andrew Timming, da Universidade de St Andrews (Reino Unido), no geral os empregadores se mostraram propensos a ver as tatuagens de forma negativa.

Mas o impacto real da tatuagem vai depender de onde a tatuagem está, o que ela representa e se o trabalho ao qual você está se candidatando envolve lidar com clientes.

Tatuagens e emprego

O pesquisador realizou entrevistas com 15 gestores envolvidos na contratação de pessoal, focando unicamente na sua reação ao entrevistar candidatos com tatuagens visíveis.

Os gestores trabalham para diversos tipos de organizações, incluindo hotéis, bancos, prefeituras, prisões, universidades e livrarias.

"A maioria dos entrevistadores concordou que as tatuagens visíveis são um estigma," resumiu o Dr. Timming.

Uma gerente lhe disse que "elas fazem a pessoa parecer suja". Outro gerente, este homem, lhe disse que "subconscientemente, [as tatuagens] me impediriam de empregá-lo".

Outro gerente afirmou que "tatuagens são a primeira coisa sobre a qual eles [seus colegas recrutadores] falam quando a pessoa sai pela porta".

Tatuagens desagradáveis

Os gestores mostraram-se preocupados com o que os clientes de suas organizações poderiam pensar, disse o Dr. Timming: "Gerentes de contratação percebem que, em última análise, não importa o que eles pensam das tatuagens. O que realmente importa, ao contrário, é a forma como os clientes podem perceber os funcionários com tatuagens visíveis."

Os entrevistadores expressaram preocupação de que trabalhadores visivelmente tatuados poderiam ser percebidos pelos clientes como, nas palavras desses entrevistadores, "abomináveis", "repugnantes", "desagradáveis" e "desarrumados".

Segundo o pesquisador, uma gerente lhe disse: "Nós todos julgamos as pessoas com base nas primeiras impressões e o que concluímos é muito rápido. Quando eles [os clientes] colocam o pé na porta e veem que há uma recepcionista com armas de fogo ou facas tatuadas, [ou palavras como] 'ódio' tatuadas, eu acho que isso é algo que seria desconfortável."

"Exemplos de tatuagens desagradáveis dadas pelos gerentes de recursos humanos incluíram 'uma teia de aranha tatuada no pescoço'; 'alguém pendurado ou sendo baleado'; 'coisas envolvendo a morte'; 'lágrimas no rosto, que sugerem que você foi mutilado ou morto'; 'qualquer espécie de conteúdo sexual', qualquer coisa com 'conotações de drogas', bem como 'imagens com insinuações racistas', como a suástica," resumiu o pesquisador.

Aceitação das tatuagens

Apesar de tudo, segundo o Dr. Timming, "houve um amplo consenso entre os entrevistadores de que, apesar de as tatuagens visíveis ainda manterem um grau de tabu, em um futuro não tão distante elas inevitavelmente ganharão maior aceitação na sociedade em geral.

"Vários respondentes apontaram que a intolerância às tatuagens é atualmente mais forte entre as gerações mais velhas. Isso, juntamente com o aumento da prevalência de tatuagens em pessoas mais jovens, aponta para um futuro em que a arte corporal vai se tornar amplamente normalizada e aceita," concluiu ele.


Ver mais notícias sobre os temas:

Preconceitos

Trabalho e Emprego

Cuidados com a Pele

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.