Coração artificial brasileiro começará a ser testado

Coração brasileiro

Corações artificiais desenvolvidos no Brasil devem começar a ser testados em seres humanos dentro de dois meses.

Pacientes da fila de espera do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em São Paulo, serão os primeiros a receber o equipamento.

Segundo o instituto, cada coração artificial custará por volta de R$60.000,00.

Coração auxiliar

O coração artificial não é definitivo e não substituirá o órgão natural. Ele funciona como um auxiliar ao coração do paciente.

Seu objetivo é estabilizar a função cardiológica do doente, dando-lhe uma sobrevida para que ele aguarde pelo transplante do órgão.

O aparelho é indicado para pacientes que não respondem mais ao tratamento clínico.

O projeto de desenvolvimento do aparelho começou em 1998 e foi idealizado pelo engenheiro Aron José Pazin de Andrade, responsável pelo centro de bioengenharia do instituto.

"A gente criou um dispositivo para ser um auxiliar ao coração porque, se o aparelho falhar, o paciente ainda terá o seu coração funcionando e terá tempo de ser socorrido", diz Andrade.

Coração externo

A pesquisa foi liberada pelo Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o início dos testes em humanos.

O primeiro teste clínico em humanos será realizado em dez pacientes.

O coração artificial foi feito para ser implantado no paciente e conectado ao coração natural. Ele funciona com uma bateria que fica presa ao corpo, do lado de fora.

Os primeiros pacientes, no entanto, não terão o aparelho implantado. Por questões de segurança, eles ficarão internados e o dispositivo ficará preso do lado de fora do corpo para poder ser monitorado pela equipe. Os testes deverão durar dois meses.


Ver mais notícias sobre os temas:

Implantes

Transplantes

Coração

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.