Teste de ligar os pontos prevê gravidade de derrame

Teste de ligar os pontos prevê gravidade de derrame
Pesquisadores pediram que voluntários fizessem o teste o mais rápido possível. Os que demoraram mais tempo eram mais propensos a morrer de um derrame futuro.
[Imagem: Universidade de Uppsala]

Ligando os pontos

Um teste simples, do tipo "ligue os pontos", pode ajudar a prever o risco de morte de homens idosos que sofreram um primeiro derrame.

Pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, pediram que homens saudáveis traçassem linhas entre os números em ordem ascendente o mais rápido possível.

Aqueles que alcançaram uma média de pontuação mais baixa tinham três vezes mais chances de morrer depois de um derrame, quando comparados com os homens que alcançaram pontuações mais altas.

O estudo monitorou um grupo de mil homens, com idades entre 67 e 75 anos, ao longo de 14 anos.

Danos precoces

Os pesquisadores acreditam que o teste consegue captar os danos em vasos sanguíneos do cérebro antes do aparecimento de outros sinais mais óbvios de um maior risco do acidente vascular cerebral.

"Como os testes são muito simples, baratos e de fácil acesso para o uso clínico, eles poderão ser uma ferramenta importante, junto com métodos tradicionais, como medir a pressão sanguínea e perguntar sobre fumo, para identificar o risco de derrame, mas também como um possível indicador importante de mortalidade depois do derrame", afirmou a médica Bernice Wiberg, que coordenou o estudo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Neurociências

Educação

Cérebro

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.