Tipo não invasivo de Câncer da Tireóide não é mais câncer

Não é câncer

Um tipo não-invasivo de "câncer da tireóide" foi reclassificado, deixando de ser considerado um câncer.

A reclassificação, que se deve ao baixíssimo risco de recorrência da doença - menos de 1% em 15 anos - deverá reduzir o impacto negativo sobre os pacientes e as intervenções desnecessárias que normalmente acompanham um diagnóstico de câncer.

"Pelo que sei, esta é a primeira vez na era moderna que um tipo de câncer está sendo reclassificado como um não-câncer," disse o professor Yuri Nikiforov, da Universidade de Pittsburgh (EUA), que chefiou o painel internacional de especialistas que recomendou a mudança.

Carcinoma folicular encapsulado

A medida atinge um tipo de tumor conhecido como "variante folicular encapsulada de carcinoma papilífero da tireóide", cujo diagnóstico praticamente triplicou ao longo dos últimos 20 a 30 anos, e compõe de 10 a 20 por cento de todos os cânceres da tireóide diagnosticados.

Embora estudos venham mostrando há muito tempo que essa variante do câncer da tireoide não é perigosa para o paciente, ela é normalmente tratada de forma tão agressiva quanto os outros tipos de câncer de tireóide.

A expectativa é que, eliminando-se a palavra "câncer" do nome da condição, os médicos possam explicar aos pacientes que não se trata de algo preocupante, já que a "doença" tem excelente prognóstico, evitando o estresse e os tratamentos desnecessários.

Sobrediagnóstico

A incidência de câncer da tireóide tem aumentado continuamente, em parte devido à detecção precoce de tumores "indolentes", ou que nunca vão progredir, apesar da presença de certas anormalidades celulares que são tradicionalmente consideradas cancerosas.

"Este fenômeno é conhecido como excesso de diagnósticos", explica Nikiforov. "Espero que isto seja um exemplo para que outros grupos de especialistas abordem a nomenclatura de vários tipos de câncer que têm comportamento indolente para evitar tratamentos inadequados e caros."

Os resultados do levantamento de casos e as recomendações foram publicados na revista médica JAMA Oncology.


Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Prevenção

Ética

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.