Conheça tratamentos para crianças que fazem xixi na cama

Tratamentos para crianças que fazem xixi na cama
Há vários tratamentos para crianças que fazem xixi na cama, de treinamento e terapias alternativas até medicação.
[Imagem: Wikimedia/woodley wonderworks]

Nunca é fácil decidir deixar seu filho ir dormir na casa de um coleguinha quando ele tem costume de fazer xixi na cama, já que a revelação do problema pode ser algo embaraçoso e traumático para a criança.

Mas pode ter certeza de que crianças que fazem xixi na cama é algo comum, afetando de 15% a 20% das crianças em idade escolar. E, enquanto na maioria das crianças (98% a 99%) o problema desaparece logo, há tratamentos disponíveis para acelerar isso.

As crianças normalmente são capazes de acordar com um sinal de bexiga cheia para ir ao banheiro. No entanto, as crianças que urinam na cama têm uma resposta defeituosa ao impulso e são incapazes de despertar totalmente. Assim, quando a quantidade de urina produzida durante a noite excede a capacidade da bexiga, a criança irá urinar na cama dormindo.

Enurese noturna

Fazer xixi na cama (ou enurese noturna, como o problema é conhecido clinicamente) tem uma ligação genética, com as crianças que têm o problema provavelmente sendo filhas de pais que também fizeram xixi na cama quando crianças. Embora a condição seja mais comum entre os meninos, as mulheres são mais propensas a "passar" a enurese aos seus filhos.

É importante para os pais lidarem com a questão com cuidado, já que fazer xixi na cama pode afetar a autoestima, a saúde mental e as relações com os coleguinhas.

Existem muitos tratamentos para a enurese, os mais comuns sendo o treinamento de alarme, a uroterapia, terapias alternativas e, em última caso, a medicação. O tratamento pode geralmente começar com cerca de seis anos de idade.

Uroterapia

Há um vasto leque de intervenções e conselhos, que podem resolver o problema do xixi na cama ou ajudar com o treinamento de alarme.

Trata-se essencialmente de:

  • Assegurar que a criança tenha uma ingestão adequada de líquidos durante o dia (entre 5 e 6 copos de água por dia, evitando bebidas que contenham cafeína, como leite com chocolate).
  • Evitar o consumo de líquidos no final da noite ou perto da hora de dormir.
  • Evitar ou tratar prontamente a constipação, que pode afetar a função da bexiga.
  • Garantir a postura higiênica adequado no banheiro, como o apoio adequado para os pés quando sentado no vaso, o que vai ajudar na evacuação completa, tanto do intestino quanto da bexiga.
  • Ir ao banheiro regularmente durante todo o dia, incentivando a criança a não adiar o xixi.

Outras opções

Outros tratamentos para a enurese incluem terapias comportamentais simples, como levar a criança ao banheiro durante a noite ou premiar a criança quando ela acorda seca.

Embora não sejam tão eficazes quanto o treinamento de alarme ou os medicamentos, isto é melhor do que nenhum tratamento.

Intervenções complementares e alternativas, como a hipnoterapia, quiropraxia e acupuntura também já foram tentados, mas as evidências para seu uso ainda são limitadas.

Lembre-se, uma atitude positiva - e adesão ao tratamento - é essencial para o sucesso do tratamento. Tente criar um ambiente positivo e envolver a criança na tomada de decisões, para que ela possa apropriar-se do problema.

Treinamento de alarme

O objetivo do treinamento de alarme é treinar a criança a reter a urina durante o sono e acordar para visitas ao banheiro quando sua bexiga sinalizar que está cheia. Para isso, ele deve aprender a acordar quando sua bexiga encher.

Há duas opções de alarmes, ambas igualmente eficazes:

  • Alarmes especiais, onde um tapete conectado a uma caixa de alarme é colocado na cama da criança. O alarme é ativado quando a esteira entra em contato com o líquido.
  • Alarmes pessoais, com um sensor que é colocado na calcinha ou na cueca da criança. O alarme é ativado quando o sensor entra em contato com o líquido.

A reação da criança para o sinal de alarme é essencial para o sucesso do tratamento, interrompendo o xixi e indo ao banheiro.

Paciência é a chave para este método: uma vez que o treinamento de alarme começou, ele deve ser usado todas as noites, até que a criança atinja catorze noites secas consecutivas.

Pode levar de dois a quatro meses antes que seja totalmente eficaz.

Medicação

Se a criança não responder aos tratamentos comuns, é melhor procurar orientação especializada sobre os riscos e benefícios da medicação, bem como outras opções.

Medicação para tratar o fazer xixi na cama é geralmente uma solução de curto prazo ou como último recurso.

A desmopressina é um hormônio sintético que tem um efeito antidiurético, agindo sobre os rins para reduzir a produção de urina durante a noite. Disponível como comprimido ou spray nasal, a droga é eficaz em cerca de 70% dos casos de crianças.

A desmopressina pode ser útil para dormir fora ou em acampamentos de escola, quando o treinamento de alarme não é prático.

Outra droga, a imipramina, foi um dos primeiros medicamentos utilizados para tratar a enurese noturna. Mas, devido ao risco de efeitos secundários, a imipramina (e outros antidepressivos tricíclicos) não são recomendados como um tratamento de primeira linha.


Ver mais notícias sobre os temas:

Cuidados com a Família

Higiene Pessoal

Comportamento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.